Significado do Nazismo

O que é o Nazismo:

Símbolo do Partido NazistaNazismo foi uma política de ditadura que governou a Alemanha entre 1933 e 1945, período que também ficou conhecido como Terceiro Reich, liderado por Adolf Hitler.

A ideologia política do nazismo surgiu após a Primeira Guerra Mundial (1914 - 1918), com a Alemanha destruída economicamente e humilhada por ter perdido a guerra. Neste cenário, surge um sentimento de revolta entre os alemães, que culpavam o governo pela situação do país e exigiam mudanças drásticas.

A Criação do Partido Nazi

Em 1919 surgiu o Partido Nazi, abreviação de Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, em alemão), que começava a disseminar ideais antissemitas entre a sociedade alemã.

O Partido Nazi alegava que a culpa de todos os problemas da crise que enfrentava a Alemanha eram dos imigrantes judeus, dos comunistas e dos liberais, que causavam a desordem e "roubavam" as oportunidades dos "alemães puros", que segundo os nazistas pertenciam a uma "raça superior"; uma raça ariana

Adolf Hitler nasceu em 1889, na Áustria, e havia participado da Primeira Guerra Mundial. Após a Grande Guerra e com a derrota alemã, Hitler integrou um grupo de ex-combatentes de classe média que planejavam uma ideologia para reacender a política e economia da Alemanha, além de recuperar a dignidade da nação.

E 1923, já sob a "alma" do Partido Nazi, Hitler liderou uma tentativa de derrubar o Estado, porém acabou sendo preso e condenado. Na prisão, escreveu o livro "Minha Luta" (Mein Kampf, em alemão), obra que se tornaria a "bíblia do Nazismo".

Com a grande crise econômica de 1929 (que começou com a Quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque), a Alemanha se viu em desespero e o profundo desgosto com as condições de vida da população se intensificou. Esses sentimentos ajudaram a fortalecer o Partido Nazista e seus ideais.

Sobre forte pressão social, o presidente alemão Hinderburg foi forçado a conceder o cargo de chanceler para Hitler, considerado o segundo mais importante posto de poder na Alemanha naquela época, ficando apenas abaixo do presidente.

Suástica - Bandeira NazistaAdolf Hitler, sob o comando do Partido Nazista, conseguiu finalmente chegar ao poder da Alemanha em 1933, após a morte do presidente Von Hindenburg, auto proclamando-se Führer ("líder" em alemão) e instaurando o chamado Terceiro Reich ("Terceiro Reino").

Com o auge do nazismo no comando da nação alemã, em 1939 teve inicio a Segunda Guerra Mundial, muito mais terrível e sanguinária que a Primeira.

Hitler criou três principais forças de poder para executar os seus objetivos: as Seções de Assalto (S.A), as Seções de Segurança (S.S) ou Schutzstaffel(em alemão) e a Gestapo (polícia secreta alemã).

Muita gente não sabe, mas uma das principais figuras que auxiliou o crescimento do nazismo foi cineasta e ministro da propaganda nazi Joseph Goebbels. Goebbels controlava todos os meios de comunicação da Alemanha, criava campanhas publicitárias alienadoras que prometiam um "mundo melhor" para os alemães, a partir da ideia de supremacia da raça ariana como dominadora de todas as outras.

O Nazismo chegou ao fim com o final da Segunda Guerra Mundial e a derrota da Alemanha pelos países aliados. Com as informações sobre a derrota eminente, Adolf Hilter se suicidou em seu esconderijo.

Características do nazismo

O Nazismo ficou marcado pelos seus ideais antissemitas, ou seja, o preconceito e hostilidade contra o povo judeu. Os nazistas também perseguiam, torturavam e matavam comunistas, negros, homossexuais e outras pessoas que não eram enquadradas dentro das características da chamada "raça ariana", a raça superior alemã defendida pelo Partido Nazista. 

Entre as principais características do regime nazista está o antiparlamentarismo, o pangermanismo (um ideal que pretendia unificar todos os povos germânicos localizados na Europa Central), o racismo (preconceito e repulsa por diferentes raças étnicas) e o totalitarismo. 

No entanto, o objetivo principal do Partido Nazi era construir uma grande nação consolidada sob uma "única e verdadeira raça", a raça que, segundo os nazistas, era considerada a mais pura da Europa e superior intelectualmente e fisicamente a todas as outras: a raça ariana. 

A tática adotada pelo nazismo para cumprir com todos os seus objetivos foi chamada de "Solução Final" ou "Solução Final para a Questão Judia", ou seja, eliminar todos os povos judeus que ocupavam territórios alemães. 

Sob ordens de Adolf Hitler teve início o Holocausto, um processo de genocídio da população judia e demais etnias que não eram consideradas "dignas" de povoar os territórios alemães. Estima-se que tenham morrido mais de seis milhões de judeus durante o Holocausto, em Campos de Concentração e de Trabalhos Forçados.

Veja também: 3 Histórias incríveis de heroísmo que você não conhece sobre o Holocausto.

Cruz Suástica 

Cruz Suástica NazistaA cruz suástica é um dos símbolos mais utilizados pelo nazismo, representando um "sorte", "prosperidade" e "sucesso", entre os nazistas. Porém, atualmente, este símbolo tem uma conotação totalmente negativa, sendo até mesmo proibido de ser replicado ou incentivado em locais públicos.

No entanto, muita gente não sabe mais o símbolo que se tornou um dos "mais odiados do mundo", por causa da sua ligação com o Partido Nazista, existe há muitos anos e sob um significado totalmente inofensivo e bondoso. 

Antes de ser adotada como símbolo do Nazismo, a cruz Suásticaera um amuleto de sorte, representando a prosperidade e o sucesso. 

Vale ressaltar que, etimologicamente, a palavra "suástica" em sânscrito significa "felicidade", "sorte" e "prazer". 

Saiba mais sobre o significado da Suástica.

Nazismo no Brasil

Os conceitos nazistas chegaram ao Brasil mesmo antes do começo da Segunda Guerra Mundial, através da propaganda política que o Terceiro Reich fazia em terras brasileiras na tentativa de atingir os mais de 100 mil imigrantes alemães que viviam em comunidades no sul e sudeste do país. 

De acordo com os historiadores, existiam aproximadamente 1 milhão de descendentes de alemães no Brasil (teuto-brasileiros), mas a grande maioria não aderiu ao movimento nazista. 

Porém, mesmo assim, o Brasil era considerado o país estrangeiro (fora da Europa) com o maior número de adeptos do nazismo, segundo alguns pesquisadores. 

Após o fim da Segunda Guerra Mundial e derrota dos nazistas, muitos condenados alemães se refugiaram em terras brasileiras, em colônias.

Entre os refugiados estava o notório médico Josef Mengele, conhecido como "Anjo da Morte" e responsável por experiências médicas terríveis em milhares de prisioneiros judeus e ciganos. Mengele morreu afogado em Bertioga, interior de São Paulo, sem ser reconhecido por ninguém. 

Neonazismo

O neonazismo é uma ideologia que busca inspiração e resgatar os ideais e conceitos do nazismo. 

Etimologicamente, "neonazismo" significa "novo nazismo" (neo = novo), porém a ideologia não traz nenhuma novidade. O principal objetivo dos neonazistas é defender a existência de uma raça pura ariana; a raça branca e nórdica. 

Judeus, negros, homossexuais, índios e povos de outras etnias são os alvos dos neonazistas.

Atualmente, existem subcategorias de grupos neonazistas que propagam o mesmo discurso de racismo e ódio que os nazistas, como a Ku Klux Klan (grupo que persegue e mata negros), os Skinheads e os Stormfront

Veja também:

O significado do Nazismo está na categoria: Geral