Exemplos do uso de não obstante e seu significado

Na língua portuguesa, não obstante é uma locução conjuntiva, que ajuda transmitir a ideia de contradição a uma outra ideia ou ação que é apresentada em determinada frase. Porém, não impede que esta ação aconteça ou se desenvolva.

Não obstante pode ser usada como uma Conjunção Coordenada Adversativa ou Conjunção Adverbial Concessiva. Ambas conjunções também exprimem uma oposição de ideia entre uma frase e outra, como o: mas, embora, ainda que, mesmo que.

Para descobrir se a conjunção não obstante é adversativa ou adverbial concessiva, é necessário observar a utilização do tempo e do modo verbal. Também é possível avaliar a substituição apropriada para o contexto. Veja nos exemplos:

  • Exemplo 1: “Não obstante decisões judiciais, o candidato mantém sua candidatura ao congresso.

Neste caso, não obstante é usado como uma conjunção adverbial concessiva e pode ser substituído por: apesar de, conquanto, mesmo que, ainda que, malgrado, entre outros.

Apesar das decisões judiciais, o candidato mantém sua candidatura ao congresso.

  • Exemplo 2: “Conduziu a uma velocidade acima da permitida por lei, não obstante, não conseguiu chegar a tempo.

Neste caso, não obstante é usado como uma conjunção coordenada adversativa e pode ser substituído por: mas, porém, contudo, entretanto, no entanto, todavia

Conduziu a uma velocidade acima da permitida por lei, porém não conseguiu chegar a tempo.

  • Exemplo 3: “Não obstante estivesse cansado, viajou.

Neste caso, não obstante é usado como uma conjunção adverbial concessiva epode ser substituído por: apesar de, conquanto, mesmo que, ainda que, malgrado, entre outros.

Ainda que estivesse cansado, viajou.

  • Exemplo 4: “Drogas causam malefícios grandiosos na vida das pessoas, não obstante o seu uso continua crescendo ao longo do tem.

Neste caso, não obstante é usado como uma conjunção coordenada adversativa e pode ser substituído por: mas, porém, contudo, entretanto, todavia, no entanto, todavia…

Drogas causam malefícios grandiosos na vida das pessoas, contudo o seu uso continua crescendo ao longo do tem.

  • Exemplo 5: “Não obstante o pedido de desculpa, ele continuou ignorando sua irmã.

Neste caso, não obstante é usado como uma conjunção adverbial concessiva e pode ser substituído por: apesar de, conquanto, mesmo que, ainda que, malgrado, entre outros.

Apesar do pedido de desculpa, ele continuou ignorando sua irmã.

Não obstante também é um termo muito usado em textos jurídicos. Utiliza-se para expressar que determinada situação aconteceu de forma contrária daquela que se esperava.

Veja também: