Significado da Intolerância religiosa

O que é a Intolerância religiosa:

Intolerância religiosa é a discriminação contra as pessoas e grupos que têm diferentes crenças ou religiões, e é marcada principalmente pelas atitudes agressivas e ofensivas.

A liberdade de expressão garante aos indivíduos o direito de manifestar as suas opiniões sobre determinado assunto, incluindo a crítica em relação aos dogmas religiosos, por exemplo. No entanto, a intolerância religiosa passa a se configurar quando a pessoa age com indiferença, violência ou de qualquer outro modo que fira a dignidade de outrem.

Por exemplo, humilhar, perseguir, discriminar ou agredir alguém por ter uma religião ou crença diferente de outra pessoa são atos de intolerância religiosa.

No Brasil, a intolerância religiosa é um crime de ódio, classificado como inafiançável e imprescritível. A pena para os culpados varia entre 1 a 3 anos de prisão, mais o pagamento de multa.

O desrespeito e ataque contra um ateu ou agnóstico, também pode ser considerado um exemplo de intolerância religiosa, visto que a pessoa intolerante não admite o fato daquele indivíduo ter uma crença diferente da sua.

Saiba mais sobre a Intolerância.

Intolerância religiosa no Brasil

Segundo a Constituição Federal Brasileira, o Brasil é um Estado Laico, ou seja, não tem uma religião oficial. Todos os tipos de religiões e crenças devem ser respeitados. Aliás, como dito anteriormente, a intolerância religiosa é considerada um crime no Brasil, de acordo com a lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989.

É certo que todos os cidadãos brasileiros têm o direito de praticar a sua respectiva religião (incluindo os representantes políticos do governo), mas esta não pode estar envolvida com a figura do Estado, portanto é preciso que haja uma separação entre as atividades do indivíduo na vida privada e pública.

Saiba mais sobre o significado de Estado Laico.

Caso alguém seja alvo de intolerância religiosa, este deverá procurar uma delegacia de polícia e fazer um boletim de ocorrência, dando início ao processo de acusação contra o agressor.

No Brasil, o "Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa" é celebrado anualmente em 21 de janeiro, de acordo com a lei nº 11.635/07.

Intolerância religiosa no mundo

Ao longo da história da humanidade, a intolerância religiosa foi a base de inúmeros conflitos e guerras, que provocaram milhões de mortes. 

A perseguição contra os judeus durante a Segunda Guerra Mundial é um dos principais exemplos de discriminação religiosa praticada no século XX.

No início do século XXI, os ataques terroristas também se mostraram manifestações abomináveis baseadas na intolerância religiosa praticada por grupos extremistas de diferentes doutrinas e seitas.

O fanatismo religioso é um dos principais culpados para que haja a propagação de ideias e atitudes intolerantes entre milhões de pessoas ao redor do mundo.

O significado da Intolerância religiosa está na categoria: Geral