Significado da Mitologia nórdica

O que é a Mitologia nórdica:

Mitologia nórdica representa o conjunto de crenças, lendas e mitos que pertencem aos chamados povos escandinavos. São as narrativas que marcaram a Era dos Vikings, que habitam a região atualmente abrangida pela Suécia, Dinamarca, Noruega e Islândia, principalmente.

Originalmente, a mitologia nórdica era transmitida oralmente, no entanto, a partir do século XIII começaram a ser registradas todas as crenças dos nórdicos da época. Foi o poeta e historiador islandês Snorri Sturluson que reuniu as principais histórias sobre a mitologia e publicou as conhecidas Eddas - coleções de poesias que relatam as lendas dos povos escandinavos antigos.

Assim como a mitologia grega, romana e egípcia, a nórdica (também conhecida por germânica) reúne várias personagens fantásticas, como deuses, heróis, monstros, feiticeiros e narrativas que tentam explicar a origem do universo e dos seres humanos.

Uma peculiaridade interessante de se observar na mitologia nórdica é o fato das divindades não terem vida eterna. Assim como os seres humanos, os deuses podem morrer (como notamos durante o evento conhecido por Ragnarök).

Saiba mais sobre o significado de Mitologia.

Uma das caracteristicas da mitologia nórdica, e que se diferencia das demais mitologias, é a crença da existência de 9 (nove) mundos diferentes:

  • Midgard: reino dos seres humano, ou seja, o planeta Terra como conhecemos. Este mundo era guardado pela deusa Jord.
  • Asgard: reino dos deuses. Este mundo é separado de Midgard por imensos muros. O guardião é Heimdall. Odin e Frigga são os líderes de Asgard. A ligação entre Midgard e Asgard é feita através da Bifrost, uma ponte semelhante a um arco-íris.
  • Niflheim: reino de gelo e frio, governado por Hela, a deusa do inferno. Neste mundo se encontro os gigantes e anões de gelo.
  • Vanaheim: mundo onde repousam os deuses Vanir, responsáveis por favorecer a fertilidade, o comércio, a paz e o prazer.  
  • Svartalfheim: local onde habitavam os seres subterrâneos, chamados de svartálfar ("elfos negros). O líder deste mundo é Hoder, o deus cego da justiça, filho de Odin e Frigga.
  • Jotunheim: mundo dos gigantes (Jotuns), predominantemente do tipo rocha e neve. O líder de Jotunheim é Thrym, o rei dos gigantes.
  • Nidavellir: reino dos anões, localizado no subterrâneo de Midgard. Nidavellir é liderado por Vidar, o deus da vingança.
  • Muspelheim: reino dos gigantes de fogo. O líder deste mundo é Surtr, o gigante de fogo.
  • Álfheim: reino dos elfos, seres mágicos de aparência humana e grande beleza.

Deuses da mitologia nórdica

Entre alguns dos principais deuses da mitologia nórdica, destaque para:

  • Odin: é o pai dos deuses nórdicos. Está sempre acompanhado de dois corvos, Huginn (pensamento) e Muninn (memória).
  • Thor: deus do Trovão e filho de Odin. Este é considerado um dos deuses mais cultuados e queridos pelos nórdicos, principalmente entre os camponeses. A sua arma era o Mjölnnir, um martelo super poderoso que usava para lutar contra os gigantes.
  • Loki: considerado o "pai das mentiras". É meio deus e meio gigante. Costuma ser descrito como um deus controverso, pois ao mesmo tempo que tem uma natureza malígna, ajuda a manter o equilíbrio no mundo dos deuses.
  • Frigga: deusa da fertilidade, do amor e da união. Também é conhecida como a esposa de Odin e madrasta de Thor. Para os nórdicos, Frigga era vista como a protetora da família e das mães.
  • Freyr: deus da abundância, considerado a divindade da prosperidade, da paz, dos casamentos, das boas colheitas, da fertilidade, da alegria e da paz.
  • Hela: deusa do Reino dos Mortos (Helheim) e filha de Loki. Metade do corpo da deusa era de uma linda mulher, enquanto que a outra parte consistia num terrível corpo em decomposição.

Símbolos da mitologia nórdica

  • Yggdrasil: consiste numa árvore mítica e sagrada, considerada a "árvore da vida" e que sustenta todos os 9 mundos. 
  • Valhalla: é a residência dos deuses, também conhecido como o "Salão dos Mortos". Neste local os deuses eram recebidos quando morriam com honra em suas batalhas.
  • Ragnarök: é o "fim do mundo", de acordo com a mitologia nórdica. Este episódio representa o fim de todas as criaturas, sejam os humanos, deuses, monstros, heróis ou gigantes. 

Saiba mais sobre o significado do Ragnarok.

O significado da Mitologia nórdica está na categoria: Geral