Significado de Renascimento

O que é o Renascimento:

Renascimento ou Renascença é o nome dado ao movimento de reforma artística, literária e científica que teve origem no século XIV na Itália e se espalhou para o resto da Europa, estando em vigor até o século XVI. Esta palavra também significa o ato de renascer e pode ser sinônimo de reformulação.

De acordo com alguns autores, o Renascimento foi um movimento de ruptura, que surgiu em oposição à "escuridão cultural e intelectual" verificada na Idade Média. Enquanto alguns autores defendiam que o Renascimento foi um movimento de separação de muitas filosofias da época medieval, outros indicam que foi um movimento de continuidade e que por isso está inevitavelmente relacionado com a Idade Média.

Durante o Renascimento surgiu o Humanismo, que substituiu o teocentrismo (uma das características da Idade Média) pelo antropocentrismo, que colocou o Homem no centro do universo.

Saiba mais sobre o Humanismo.

O Renascimento abriu caminho para o desenvolvimento de vários estilos artísticos e correntes filosóficas. Alguns se desenvolveram em concordância com o Renascimento, enquanto outros se definiram pela distanciação. Este é o exemplo do Barroco, um estilo oposto ao Renascimento (valorizava a simplicidade), caracterizado pelo exagero de enfeites e grandiosidade.

Características do Renascimento

No renascimento algumas características foram fundamentais para compor a cultura da época.

Os artistas da época valorizavam bastante a cultura greco-romana. Eles pensavam que gregos e romanos possuíam uma visão completa e humana da natureza, diferente dos homens medievais.

E por conta disso, as qualidades mais valorizadas no ser humano na época eram a inteligência, o conhecimento e os dons artísticos.

Entretanto, as maiores características do renascimento se pautavam em quatro pontos principais:

  • No Racionalismo, onde os renascentistas eram convictos de que a razão era o único caminho para se chegar ao conhecimento, e que tudo podia ser explicado pela razão e pela ciência;
  • No Experimentalismo, onde para eles todo conhecimento deveria ser demonstrado através da experiência científica;
  • No Individualismo, que parte do princípio do homem conhecer a si próprio, buscando afirmar sua própria personalidade, talentos e satisfazer suas ambições. Esta concepção se baseia no princípio que o direito individual estaria acima do direito coletivo;
  • No Antropocentrismo, que colocava o homem como a suprema criação de Deus e como o centro do universo.

Saiba mais sobre o Antropocentrismo.

Renascimento cultural

No âmbito da arte, o Renascimento significou a criação de novos gêneros de pintura e escultura, para dar resposta ao novo gosto da sociedade daquela altura.

As primeiras manifestações no âmbito artístico surgiram em Florença, na Itália. Foram construídas várias obras arquitetônicas que permanecem até hoje. Na pintura, Giotto foi um dos primeiros a seguir esta corrente.

Os nomes mais importantes do Renascimento no contexto artístico foram Leonardo da Vinci, Michelangelo, Donatello e Rafaello, com várias obras de arte mundialmente famosas.

Renascimento literário

A filosofia e a literatura durante o Renascimento foram fortemente marcadas por vertentes humanistas, que colocaram o Homem em destaque em todas as áreas.

Algumas figuras mais conhecidas do Renascimento na área da literatura foram Miguel de Cervantes (castelhano que fez a ligação entre o Renascimento e Barroco), François Rabelais (França) e Luís de Camões (Portugal).

Renascimento científico

O renascimento também foi marcado por importantes descobertas científicas, sobretudo nas áreas da astronomia, da física, da medicina, da matemática e da geografia.

Uma das descobertas da época foi feita pelo polonês Nicolau Copérnico (1473 - 1543) ao contestar a teoria geocêntrica de que a terra não é o centro do universo, mas que simplesmente é um planeta que gira em torno do sol.

Galileu Galilei também se destacou como um importante cientista da época, ao descobrir os anéis de Saturno, as manchas solares e os satélites de Júpiter, porém foi perseguido e ameaçado pela Igreja, sendo obrigado a negar publicamente suas descobertas.

Na medicina, os conhecimentos avançaram com trabalhos e experimentos acerca da circulação sanguínea, processos de cauterização e os avanços na anatomia.

Renascimento comercial e urbano

O Renascimento comercial e urbano ocorreu na Idade Média, sobretudo em algumas cidades da Itália e consistiu em um conjunto de fatores que criou novas formas de pensar a comercialização de produtos.

A venda desses produtos também foi responsável pelo desenvolvimento de centros urbanos, onde muitas vezes eram organizadas feiras.

Naquela época, quando soldados regressavam de expedições, frequentemente vendiam os despojos de guerra. Assim, surgiram mercadores e uma nova classe da sociedade: a burguesia.

Estes ricos comerciantes, conhecidos como mecenas,  passaram a investir nas artes, o que aumentou assim o desenvolvimento artístico e cultural da região. Por esta razão, a Itália é conhecida como o berço do renascentismo.

Saiba mais sobre a Burguesia.

O significado de Renascimento está na categoria: Geral