Significado da Teoria do caos

O que é a Teoria do caos:

Teoria do caos consiste na ideia de que pequenas mudanças no início de um evento podem desencadear alterações drásticas, profundas e imprevisíveis ao longo do tempo.

teoria do caos

A teoria do caos busca explicar fenômenos que não são previsíveis (não-lineares) e, por este motivo, considerados caóticos, pois não há como controlá-los. Esses sistemas, tidos como complexos e instáveis, são baseados na "sensibilidade às condições iniciais", um fenômeno que caracteriza a impossibilidade de prever resultados futuros devido as mudanças sutis que podem ocorrer no início dos processos.

A teoria do caos pode ser relacionada com vários aspectos da vida cotidiana, como as mudanças climáticas, o crescimento populacional, o mercado financeiro, entre outras situações que representam sistemas não-lineares.

O meteorologista e matemático estadunidense Edward Lorenz (1917 - 2008) foi o precursor dos estudos sobre a teoria do caos. Enquanto realizava simulações sobre o movimento de massas de ar num programa de computador, Lorenz notou que ao ocultar apenas algumas casas decimais do cálculo que havia feito previamente, o novo resultado final era drasticamente diferente do anterior.

Mesmo que a diferença seja insignificante a princípio, com o passar do tempo as alterações se acumulariam, gerando um evento totalmente diferente daquele que foi inicialmente previsto. 

A partir dessas observações, Lorenz formulou uma frase que passaria a representar a essência da teoria do caos: "o bater de asas de uma borboleta no Brasil poderia causar um tornado nos Estados Unidos".

Aliás, a expressão "efeito borboleta", que é comumente usada para marcar a sensibilidade nas condições iniciais, uma das características mais marcantes dos sistemas caóticos, teria se originado a partir desta frase de Lorenz.

Saiba mais sobre o Efeito Borboleta.

O significado da Teoria do caos está na categoria: Ciência