Significado de Biomedicina

O que é a Biomedicina:

Biomedicina é um ramo da medicina que aplica princípios biológicos e fisiológicos na pesquisa e na prática clínica.

A biomedicina aborda a saúde a partir de um ponto de vista biológico, ou seja, estuda a anatomia e a fisiologia para entender os mecanismos do corpo e, assim, propor novas formas de diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças.

Os métodos desenvolvidos pela biomedicina são as bases das políticas de saúde pública e também dos diagnósticos laboratoriais. Isso ocorre pois a biomedicina tem cunho altamente teórico e seus profissionais são os responsáveis por desenvolver novas tecnologias de combate a doenças e melhoria da saúde em geral.

A biomedicina combina a ciência médica com diversas áreas da biologia como a bioquímica, embriologia, biologia molecular, imunologia, etc.

Diferenças entre biomedicina e medicina

A biomedicina trabalha com análises laboratoriais a fim de identificar causas, sintomas e o funcionamento de doenças, bem como desenvolver novas formas de diagnóstico, tratamento e prevenção.

A biomedicina é predominantemente teórica e voltada à pesquisa e ao avanço de todas as áreas da medicina e da saúde.

A medicina possui foco prático e atuação direta com os pacientes. É voltada para o atendimento clínico e para a cura de doenças específicas.

Em termos acadêmicos, as duas áreas possuem grades curriculares muito parecidas, principalmente nos primeiros anos de curso. Embora dependa da instituição, é natural que o curso de biomedicina seja muito mais aprofundado na teoria e o de medicina voltado para a prática.

Carreira na biomedicina

O acesso à profissão de biomédico ocorre através de formação específica na área e posterior inscrição no Conselho Regional de Biomedicina.

No Brasil, o curso de biomedicina tem duração de 5 anos e engloba disciplinas como: anatomia humana, biofísica, citopatologia, química, microbiologia, genética, toxicologia, etc.

A maioria dos biomédicos no Brasil trabalham com avaliações clínicas (serviços laboratoriais e análises biológicas de sangue, urina, fezes, etc). No entanto, a profissão também é voltada para a pesquisa e diversos biomédicos trabalham como cientistas em universidades e centros de pesquisas em busca de novos avanços para a medicina.

Habilitações da biomedicina

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina, um biomédico, desde que cumpra os requisitos, pode se especializar nas seguintes áreas:

Patologia Clínica (Análises Clínicas)BiofísicaParasitologiaMicrobiologiaImunologia
HematologiaBioquímicaBanco de SangueVirologiaFisiologia
Fisiologia GeralFisiologia HumanaSaúde PúblicaRadiologiaImagenologia
Análises BromatológicasMicrobiologia de AlimentosHistologia HumanaPatologiaCitologia Oncótica
Análise AmbientalAcupunturaGenéticaEmbriologiaReprodução Humana
Biologia MolecularFarmacologiaPsicobiologiaInformática de SaúdePerfusão
ToxicologiaSanitaristaAnatomia PatológicaBiomedicina EstéticaAuditoria

Os requisitos para adquirir as habilitações são:

  • Durante a graduação: estágio supervisionado de 500 horas ou mais em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação ou curso de especialização ou pós-graduação reconhecidos pelo Ministério da Educação.
  • Curso de especialização, mestrado ou doutorado em uma das habilitações, respeitadas as normas do MEC
  • Aprovação no exame de Título de Especialista da Associação Brasileira de Biomedicina – ABBM
  • Certificado de Aprimoramento profissional em instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Certificado de Residência Multiprofissional ofertado por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Veja também:

Data de atualização: 02/11/2018. O significado de Biomedicina está na categoria: Medicina