Significado de Celibato

O que é Celibato:

Celibato é o estado em que determinada pessoa se compromete em não se casar ou manter relações sexuais com outra. Por norma, o celibato é uma prática comum entre alguns religiosos, que abdicam os "prazeres mundanos" para se dedicar exclusivamente a servir a Deus.

O celibato pode ser uma opção de vida adotada por homens ou mulheres, sendo que estes abdicam totalmente ao matrimônio ou outros relacionamentos amorosos.

Como dito, esta costuma ser uma condição comum em meios religiosos, principalmente entre aqueles que resolvem seguir uma carreira religiosa, como padres e bispos, por exemplo.

Neste caso, quando o motivo do celibato é baseado em crenças religiosas, este recebe o nome de celibato clerical (clérigo) ou sacerdotal.

No entanto, ao contrário do que muitos podem pensar, o celibato religioso não implica o enclausuramento ou solidão do indivíduo, mas a concretização do compromisso que este mantém com a sua fé e trabalho para com a comunidade da sua religião.

Ver também: significado da Religião.

O celibatário (pessoa que faz celibato) também pode tomar essa decisão sem que esteja envolvida com questões religiosas. Um voto de celibato pode ser feito por diversos motivos, como para evitar decepções amorosas ou o risco de contrair doenças sexualmente contagiosas, por exemplo.

As pessoas também pode ser celibatárias de modo involuntário, ou seja, contra a vontade. Neste caso, o celibato acontece como consequência da solidão e isolamento que este indivíduo sofre.

Etimologicamente, a palavra celibato se originou a partir do latim caelibatus ou coelibatus, que pode ser traduzido como "estado de solteiro".

Data de atualização: 12/05/2017.