O que é Ciência?

Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Professor de Filosofia, Mestre em Ciências da Educação

Ciência representa todo o conhecimento adquirido através do estudo, pesquisa ou da prática, baseado em princípios certos. Esta palavra deriva do latim scientia, cujo significado é "conhecimento" ou "saber".

Em geral, a ciência, que é muito ampla, comporta vários conjuntos de saberes nos quais são elaboradas as suas teorias baseadas nos seus próprios métodos e pesquisas científicas.

A metodologia é essencial na ciência, assim como a ausência de preconceitos e juízos de valor. A ciência tem evoluído ao longo dos séculos e Galileu Galilei (1564 – 1642) é considerado o pai da ciência moderna.

São nomes importantes na história da ciência, em diferentes áreas:

  • Nicolau Copérnico (1473 – 1543)
  • Isaac Newton (1642 – 1727)
  • Benjamin Franklin (1706 – 1790)
  • Charles Darwin (1809 – 1882)
  • Louis Pasteur (1822 – 1895)
  • Marie Curie (1867 – 1934)
  • Albert Einstein (1879 – 1955)
  • Alan Turing (1912 – 1954)
  • Rosalind Franklin (1920 – 1958)
  • Stephen Hawking (1942 – 2018)
  • Steve Jobs (1955 – 2011)

O método científico

Apesar da ciência não possuir um método único, é comum identificar como método duas concepções:

  1. Indutiva: parte das observações para a construção de uma teoria.
  2. Dedutiva: parte da teoria para a sua verificação.

Nesse sentido é possível compreender que o pensamento tradicional sobre a ciência se mantenha, apesar de, atualmente, comportar uma grande gama de interpretações sobre sua forma.

esquma circular do método científico
Esquema circular tradicional do método científico

Assim, a concepção comum do método científico é vista como um ciclo de produção de um conhecimento lógico e sistemático, fundamentado em evidências.

  • Observação: olhar atento e crítico sobre o real, identificar questões relevantes.
  • Identificação do problema: é a pergunta de partida que orienta a investigação científica, "o que se quer saber".
  • Formulação de hipótese: cria-se uma resposta para o problema, uma ideia do que é ou como pode ser resolvido.
  • Verificação: colocar à prova a hipótese, verificar se há falhas. Se houver problemas a hipótese deve ser reciclada e o passo refeito.
  • Conclusão: a partir da análise dos dados coletados, conclui-se algo, um conhecimento novo sobre o problema.
  • Comunicação: a conclusão ou teoria deve ser publicada para ser avaliada pela comunidade científica.

Ciência e tecnologia

A ciência está intimamente ligada com a área da tecnologia, porque grande parte dos avanços da ciência, hoje em dia, são alcançados através do desenvolvimento de novas tecnologias e do desenvolvimento das tecnologias já existentes.

Saiba mais sobre tecnologia.

Ciências sociais

Estudam o comportamento humano, as relações humanas e o seu desenvolvimento em sociedade. Nessa área de estudo estão incluídas disciplinas como a antropologia, o direito, a história, a psicologia, a sociologia, a filosofia social, a economia social, a política social, o direito social.

As ciências sociais estudam as normas de convivência do homem e dos modos da sua organização social. O termo "ciência social" também é usado para designar o grupo formado pelas ciências do direito, sociologia e ciências políticas.

Veja mais sobre ciências sociais e ciências humanas.

Ciências contábeis

A área das ciências contábeis é a que se responsabiliza pelas contas de uma empresa, registrando e controlando as receitas, despesas e os lucros. O profissional das ciências contábeis é responsável por planejar, controlar e coordenar as compras, vendas, aplicações e investimentos da empresa, sendo que assim é possível ter uma noção clara do patrimônio.

Deve estar atento a situações como despesas acima da média. Dentro da empresa, tem a função de analisar acontecimentos econômicos e depois dessa análise dar informações relevantes aos líderes da empresa para que possam tomar decisões no âmbito da direção do negócio. Normalmente efetua o pagamento de tributos, e dentro da empresa é a sua função fazer auditorias e perícias contábeis.

Para exercer a função de contabilista, é necessário estar cadastrado no Conselho Regional de Contabilidade. Para assegurar o registro profissional, é obrigatório realizar um exame de suficiência, medida que foi implementada desde 2010.

Ciências atuariais

A ciência atuarial moderna surgiu no princípio do século XIX na Inglaterra e se responsabilizava pelas áreas de pensão e aposentadoria, tendo como propósito o estudo da mortalidade da população.

A ciência atuarial utiliza noções da matemática estatística e financeira para analisar riscos e expectativas, na maior parte das vezes no âmbito da administração de seguros e fundos de pensão.

Os indivíduos formados em Ciências Atuariais devem saber lidar com problemas securitários, de previdência social e privada, atuando no cálculo de prêmios de seguros, pecúlios, planos de aposentadorias e pensões. A área de avaliação de riscos é também muito importante nas ciências atuariais.

Ciências exatas

As ciências exatas produzem conhecimento baseado em expressões quantitativas, testando as suas hipóteses de forma rigorosa com base em experimentos ou cálculos. Ciências exatas são aquelas que só admitem princípios, consequências e fatos rigorosamente demonstráveis.

São exemplos de ciências exatas a matemática, a física, a astronomia, a engenharia, a química e até mesmo certos ramos da Biologia ou da economia.

Ciências naturais

Ciências naturais são ciências que descrevem, ordenam e comparam os diversos fenômenos naturais existentes, isto é, os componentes da natureza e os processos que nela têm lugar. O objetivo é determinar quais são as relações existentes entre esses elementos, formulando leis e regras.

Pode distinguir-se entre ciências exatas (como a física e química) e ciências predominantemente descritivas (biologia, incluindo a microbiologia e a paleontologia, geografia, geologia, cristalografia, etc).

O campo de atividade das ciências naturais é constituído principalmente pela investigação sem uma aplicação concreta. Fazem parte das ciências naturais a biologia, a geologia e a medicina, por exemplo.

Saiba mais sobre as ciências naturais.

Ciência noética

A ciência noética, que deriva do grego nous, que significa mente ou pensamento, está relacionada com a gnosiologia, o estudo ou teoria do pensamento ou do conhecimento.

É uma área que tenta explicar cientificamente assuntos subjetivos como milagres, fé, alma, etc. A ciência noética busca a explicação científica para questões que envolvem fenômenos relacionados ao espírito, à mente e à consciência.

Ciência da computação

A ciência da computação é a área que envolve o estudo dos procedimentos de automatização e modo de funcionamento de máquinas. Também é a área responsável pelo desenvolvimento e implementação de softwares, processamento de dados digitais e criação de algoritmos.

A ciência da computação, que está incluída nas ciências exatas, é muito abrangente e envolve o estudo dos mais variados tipos de sistemas que podem ser utilizados para permitir o funcionamento de novas e modernas tecnologias.

Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).