Clichê: o que é, significado e exemplos

O que é Clichê:

Clichê é uma ideia já muito batida, uma fórmula muito repetida de falar ou escrever, um chavão.

Os clichês são compreendidos como frases ou ideias prontas e podem retirar a credibilidade daquilo que está sendo dito. Sua utilização repetitiva faz com que o texto se assemelhe a outros anteriores, perdendo a originalidade e a qualidade.

Expressões como "só acaba quando termina"; "por último, mas não menos importante"; "pensar fora da caixa" ou "nem tudo o que parece é" são exemplos de clichês.

O mesmo acontece com algumas histórias que se tornaram clichê, pois foram recontadas diversas vezes e de diferentes maneiras.

O casal que vive um amor proibido entre jovens pertencerem a famílias ou grupos rivais remete a Romeu e Julieta de William Shakespeare, escrita no final do século XVI.

Já o herói que passa por diversas provações até alcançar sua vitória apenas no fim é uma forma de reeditar a Odisseia de Homero, uma história datada do século IX a.C.

Assim, o clichê é baseado na repetição, na imitação e na falta de originalidade, que se torna um chavão, um lugar-comum que é reproduzido diversas vezes.

Saiba mais sobre o significado de chavão.

Outros significados de clichê

Clichê também pode ser uma chapa metálica que traz gravada em relevo uma imagem destinada a ser reproduzida para impressão de imagens e textos por meio de prensa tipográfica.

No Brasil, o termo "clichê" também é usado para se referir a cada uma das edições que um jornal divulga no mesmo dia, com inclusão de notícias de última hora e com fatos ocorridos durante a impressão do jornal.

A palavra clichê também significa um negativo de filme fotográfico ou uma imagem negativa com cores invertidas.

Veja também:

Atualizado em