Significado da Compostagem

O que é a Compostagem:

Compostagem é um método de reciclagem de resíduos sólidos orgânicos, sendo estes reaproveitados para a produção de adubos e fertilizantes.

O processo da compostagem costuma ser feito de modo natural, através da decomposição dos resíduos orgânicos (de origem animal ou vegetal) por microrganismos, como bactérias e fungos, por exemplo.

A técnica da compostagem é aplicada como uma alternativa que se enquadra no conceito de desenvolvimento sustentável do meio ambiente, e conforme prevê a legislação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Além das usinas de compostagem, que servem para a reciclagem de grandes quantidades de lixo orgânico (como restos de comida ou resíduos de jardinagem, por exemplo), as pessoas interessadas também podem fazer facilmente a compostagem doméstica, com o uso de baldes e minhocas que servirão como recipientes e agentes decompositores, respectivamente.

Saiba mais sobre a Reciclagem.

Fases do processo de compostagem

O processo de compostagem costuma ser dividido em três principais fases: mesofílica, termofílica e maturação.

Fase mesofílica

É o início da proliferação dos fungos e bactérias que serão responsáveis por metabolizar as moléculas mais simples da matéria orgânica. Nesta fase, a temperatura nas composteiras (local onde ocorre a compostagem) é de aproximadamente 40 °C. A duração desta etapa é de 15 dias.

Fase termofílica

Esta é a fase mais longa, durando em média dois meses, onde o material orgânico é submetido aos microrganismos termófilos, que são capazes de sobreviver às temperaturas de até 70°C. As moléculas mais complexas são degradadas nesta etapa, além da eliminação da maioria dos agentes patológicos.

Fase de maturação

Também dura em média dois meses e é caracterizada pela queda da atividade microbiana, assim como a descida da temperatura nas composteiras. Durante esta etapa o composto é transformado num húmus livre de metais pesados, tóxicos e patogênicos.

Benefícios da compostagem

Alguns dos principais benefícios desta técnica de reaproveitamento inclui:

  • Evitar o esgotamento dos aterros sanitários;
  • Consiste num processo natural, sem uso de produtos químicos ou tóxicos;
  • Promove a reciclagem de nutrientes para o solo;
  • Reduz a poluição do solo, da água e do ar;
  • Eliminação de possíveis agentes patogênicos;
  • Evita o desperdício, transformando os resíduos em novas matérias que são úteis para outras áreas.

Ver também: significado de Aterro Sanitário.

Data de atualização: 22/12/2016.