Significado de Efeito estufa e aquecimento global

Ana Zita
Revisão por Ana ZitaDoutora em Bioquímica e Investigadora científica

O que é Efeito estufa e aquecimento global:

O efeito estufa é um fenômeno natural que permite que parte da energia solar que atinge a Terra permaneça na atmosfera, mantendo a temperatura global apropriada para a vida no planeta.

O aquecimento global é o aumento da temperatura média do planeta devido à elevada acumulação de gases do efeito estufa. Esses gases bloqueiam a passagem de parte da energia solar refletida pela Terra, que volta para o interior da atmosfera.

O excesso de gases do efeito estufa é consequência, principalmente, da queima de combustíveis fósseis e do desmatamento.

Resumo do efeito estufa e aquecimento global

Para entender o que é o aquecimento global, é importante saber o que é o efeito estufa e como ele age no nosso planeta.

Efeito estufa

O efeito estufa é um fenômeno natural que ocorre na atmosfera devido à concentração de gases do efeito estufa. Esses gases permitem que a energia solar entre na atmosfera da Terra e seja absorvida pela superfície e pelos oceanos. Porém, nem toda energia é absorvida, pois parte dela é refletida novamente para o espaço.

Se toda a energia do planeta fosse refletida de volta para o espaço, a atmosfera terrestre seria muito fria, sua temperatura seria, em média, -18 ºC. Nesse caso, a vida como conhecemos seria impossibilitada e a superfície estaria coberta por espessas camadas de gelo.

Por outro lado, se toda a energia solar que entrasse na Terra fosse absorvida, o planeta tornaria-se cada vez mais quente, o que igualmente tornaria impossível a existência de vida.

Quando há equilíbrio entre a energia solar absorvida e refletida, a temperatura na Terra se mantém constante. Porém, se ocorre algum desequilíbrio nessa relação, a temperatura média global pode ser alterada, causando desequilíbrios ambientais.

Aquecimento global

O aquecimento global é uma consequência desses desequilíbrios, causado pelo acúmulo de gases de efeito estufa emitidos pelo homem. Lembrando que os gases do efeito estufa são produzidos naturalmente, porém se tornam excessivos pela ação humana.

Efeito estufa e aquecimento globalA intensificação do efeito estufa bloqueia que parte dos raios solares sejam refletidos, causando o aquecimento global.

A temperatura média no planeta hoje é 15 ºC, 0,74 ºC superior que há 100 anos atrás, e a mais alta dos últimos cinco séculos. Os estudos apontam que se as emissões desses gases continuarem no mesmo ritmo, é possível que a temperatura média se eleve entre 2 ºC e 5,8 ºC ainda neste século.

Saiba mais sobre aquecimento global e efeito estufa.

Causas da intensificação do efeito estufa e do aquecimento global

A emissão dos gases de efeito estufa aumentou significativamente nos últimos anos, especialmente após a industrialização. Dentre as causas da intensificação desses gases na atmosfera, destacam-se:

  • A utilização de combustíveis fósseis, que liberam dióxido de carbono (CO2).
  • Os gases emitidos na aplicação de fertilizantes, no tratamento de dejetos animais e de resíduos sólidos, no tratamento e disposição do lixo e nos processos industriais de produção de ferro, aço, cimento e alumínio.
  • A degradação de florestas e o desmatamento, pois as plantas são responsáveis pela absorção do dióxido de carbono (CO2) da natureza durante o processo de fotossíntese.

Entenda mais sobre o desmatamento, combustível fóssil e fotossíntese.

Principais gases do efeito estufa

Dióxido de carbono (CO2): emitido a partir da queima de combustíveis fósseis (petróleo, carvão e gás natural), é o gás de efeito estufa (GEE) mais abundante na atmosfera. Sua concentração na atmosfera aumentou cerca de 35% desde o começo da era industrial, superando a variação natural dos últimos 650 mil anos.

Gás metano (CH4): resultante da decomposição de matéria orgânica, como em lixões e aterros sanitários, do cultivo de arroz e da criação de gado. Seu poder de contribuir para o aquecimento global é 21 vezes maior que o CO2.

Óxido nitroso (N2O): emitido a partir da utilização de fertilizantes, de algumas atividades industriais e da queima de combustíveis fósseis. Tem potencial de aquecimento global, em média, 300 vezes maior que o CO2.

Vapor d'água: presente em abundância na atmosfera, é responsável pela maior parte do efeito estufa. O vapor d'água absorve calor e eleva as temperaturas, como a temperatura aumenta, há mais evaporação da água e, consequentemente, mais vapor.

Saiba mais sobre dióxido de carbono.

Consequências do aquecimento global

Com a intensificação do efeito estufa e a consequente elevação da temperatura média do ar e dos oceanos, a Terra enfrentará diversos desequilíbrios ambientais. Veja algumas das possíveis consequências:

  • Extinção de espécies e prejuízos aos ecossistemas.
  • Derretimento de calotas polares, com elevação do nível do mar e a submersão de regiões litorâneas.
  • Pescas e colheitas prejudicadas, aumentando a insegurança alimentar.
  • Escassez de água e a possibilidade de conflitos por recursos naturais.
  • Problemas de saúde e aumento de epidemias.
  • Aumento da possibilidade de desastres naturais, como furacões e inundações.

Veja também o significado de atmosfera e poluição.

Data de atualização: 25/09/2019.

Ana Zita
Revisão por Ana Zita
Doutora em Bioquímica do Instituto Venezuelano de Investigações Científicas - IVIC (2001). Investigadora com mais de dez anos de experiência em instituições científicas na Venezuela e Austrália. Atualmente divide a redação de conteúdos educativos com a agricultura científica.