Floresta Amazônica

O que é a Floresta Amazônica?

Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo e representa 30% das florestas tropicais ainda existentes.

Com extensão de mais de 5,5 milhões de km2, a maior parte dela está localizada em território brasileiro e cerca de 40% está distribuída entre outros 8 países da América do Sul.

A Floresta amazônica, uma das áreas de maior biodiversidade do planeta, faz parte do bioma Amazônia, um dos seis biomas brasileiros.

Nela existem cerca de 45.000 espécies de plantas e vertebrados e acredita-se que muitas espécies ainda não foram descobertas.

floresta amazonicaFoto aérea do Rio Amazonas.

Características da Floresta Amazônica

Localização

No Brasil, a Floresta Amazônica está localizada na região norte e abrange os seguintes estados: Amazonas, Roraima, Acre, Amapá, Pará, Maranhão, Tocantins, Mato Grosso e Rondônia.

Seu território se estende também por outros países: Colômbia, Peru, Venezuela, Bolívia, Equador, Guiana, Guiana Francesa e Suriname.

mapa floresta amazônicaMapa da Floresta Amazônica.

A Floresta Amazônica está localizada na bacia Amazônica, a maior bacia hidrográfica do mundo, com 6 milhões de km2 e 1100 afluentes. Seu principal rio é o Amazonas, o maior rio em extensão e volume de água do mundo.

Vegetação

Existem sete tipos de vegetação na Floresta Amazônica: floresta ombrófila densa, campinarana, floresta estacionária decidual, floresta ombrófila aberta, formação pioneira com influência fluvial e/ou marinha, refúgios montanos e savanas.

A floresta ombrófila densa é a vegetação predominante e corresponde à 41,67% do território.

A vegetação da Floresta Amazônica também pode ser dividida em três formações vegetais: mata firme, mata de várzea e mata de igapó.

Essas formações são classificadas conforme a quantidade de água que recebem. A quantidade de água, por sua vez, determinará o tipo de vegetação em cada uma delas.

A mata de terra firme cobre 96% do território e a mata de várzea e a mata de igapó juntas cobrem apenas 4%.

A mata de terra firme nunca é inundada, mas apresenta altos níveis de umidade. Nessa região há uma grande diversidade de espécies de árvores, como o mogno e o angelim.

A mata de várzea é inundada nos períodos de cheia dos rios e a mata de igapó permanece inundada o tempo todo. Na mata de igapó é onde se encontra a vitória-régia, uma das plantas mais famosas do bioma.

Fauna e flora

A amazônia é uma das áreas mais ricas em biodiversidade do mundo, estima-se que 10% de todas as plantas e animais do mundo possam ser encontradas nesta região.

Alguns animais que se encontram na Floresta Amazônica são: tucano, macaco, jacaré, onça, jiboia, sucuri, jaguatirica, jabuti, arara, piracuru.

AraraArara Canindé.

piracuruPiracuru.

TucanoTucano.
sapo cururuSapo cururu.

Com relação à flora, estima-se que existam cerca de 30 mil espécies de plantas na Floresta Amazônica. Dentre essas espécies, existem plantas comestíveis, plantas medicinais e também plantas que fornecem matérias-primas importantes, como o látex.

Algumas das espécies da flora amazônica são: açaí, seringueira, pupunha, castanheira, andiroba, vitória-régia, guaraná e jatobá.

JatobáA polpa do jatobá é comestível e sua casca tem propriedades medicinais.

Vitória RégiaA folha da vitória-régia pode chegar a 2,5 metros de diâmetro.

SeringueiraÉ da seringueira que se extrai o látex, matéria-prima da borracha.

Quantidade aproximada de espécies da flora e fauna amazônica:

Plantas Mamíferos Aves Répteis Anfíbios
30.000 311 1.300 273 232

As diversas espécies de plantas e animais oferecem sustento às populações locais. A caça e a pesca fornecem alimento e diversos produtos têm grande importância econômica para região, como é o caso do látex, que é extraído das seringueiras e é matéria-prima para a produção da borracha.

Saiba mais sobre biodiversidade.

Clima

A Floresta Amazônica tem clima equatorial, com temperatura e umidade do ar elevadas. A temperatura na região varia, em média, de 22º C a 28º C e tem índice pluviométrico que varia de 1.400 mm a 3.500 mm ao ano. A umidade do ar pode superar os 80%.

Ao longo de um ano, existem duas estações na região: a seca e a chuvosa.

Conheça mais sobre os biomas brasileiros.

Solo

O solo da Floresta Amazônica é pobre, possui apenas uma camada fina de nutrientes chamada húmus, que é produzida a partir da decomposição de matéria orgânica. Esse camada, no entanto, é fundamental para o desenvolvimento das espécies da floresta.

Importância da Floresta Amazônica

Além da enorme biodiversidade e das fontes de sustento para as comunidades locais, a Floresta Amazônica tem um importante papel no equilíbrio climático do planeta.

As árvores, ao realizarem o processo da fotossíntese, absorvem gás carbônico (CO2) e liberam oxigênio (O2) e assim fazem a filtragem do ar. O gás carbônico é emitido pela queima de combustíveis fósseis e é o principal gás de efeito estufa.

Isso significa que a Floresta Amazônica contribui para reduzir a concentração de gás carbônico na atmosfera e, consequentemente, ajuda a conter o aquecimento global.

Outra função muito importante da Floresta Amazônica é a evapotranspiração, fenômeno que contribui para o equilíbrio climático em diversas regiões da América do Sul.

Saiba mais sobre efeito estufa e aquecimento global e desmatamento.

Rios voadores e sua importância para o equilíbrio ambiental

Os rios voadores originados na região da Floresta Amazônica são também fenômenos de grande importância para o equilíbrio ambiental em diversas regiões na América do Sul.

Esses rios são formados pelo processo da evapotranspiração, que é a absorção da água do solo pelas árvores e a liberação dessa água em forma de vapor d'água.

Parte desse vapor se precipita ocasionando chuvas na própria região da floresta, outra parte é levada pelas correntes de ar. Essa corrente de ar leva os rios voadores até a região da Cordilheira dos Andes, quando os rios encontram essa barreira, parte se precipita, parte segue com as correntes de ar.

Essas correntes seguem em direção ao centro-oeste, sudeste e sul do Brasil e também para a região da Bacia da Prata, sendo muito importantes para a manutenção da umidade nessas localidades.

Saiba mais sobre umidade e ciclo da água.

Desmatamento da Floresta Amazônica

Apesar da grande importância da Floresta Amazônica para o meio ambiente, o desmatamento e a destruição do bioma estão crescendo a níveis alarmantes.

O desmatamento da região começou nos anos 1970 com a exploração comercial dos recursos naturais disponíveis. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), cerca de 700.000 km2 da floresta já foram desmatados, ou seja, 17% da cobertura original.

As principais causas para o desmatamento da Floresta Amazônica são a exploração ilegal da madeira, a expansão da agropecuária, a falta de ordenamento territorial e fiscalização ineficiente.

desmatamento floresta amazônicaDesmatamento em na Terra Indígena Tenharim do Igarapé Preto, no Amazonas.

desmatamento floresta amazônicaExploração ilegal da madeira na Terra Indígena Pirititi, em Roraima.

Saiba mais sobre desmatamento.

Amazônia legal e amazônia internacional

Existem duas classificações conhecidas para a amazônia, a internacional e a legal. A Amazônia legal é a parte brasileira, presente em 9 estados e que representa 60% do total da extensão da Floresta Amazônica.

Essa classificação foi criada em 1953, durante o governo de Getúlio Vargas, com o objetivo de criar estratégias para o desenvolvimento econômico da região.

A Amazônia internacional é representada por todo o território da floresta, compreendendo 9 países e 50% do território sul americano.

Entenda mais sobre a amazônia legal e amazônia internacional.

Bioma Amazônia

A Amazônia é um dos seis biomas que existem no Brasil. Além da Amazônia, o país é formado pelos seguintes biomas: Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal.

Um bioma é um conjunto de ecossistemas de organismos animais e vegetais, com características de clima, vegetação, flora e fauna próprios.

Saiba mais sobre o bioma Amazônia e conheça os outros biomas brasileiros.

Dados sobre a Floresta Amazônica

  • 40% do território da América do Sul é Amazônia;
  • 40 mil espécies de plantas já foram identificadas na Amazônia;
  • 39 milhões de pessoas vivem na Amazônia;
  • 175 povos indígenas vivem na região;
  • 75% da população amazônica vive no Brasil;
  • Mais de 2.000 espécies já foram identificadas para uso como alimentos e medicamentos;
  • A Floresta Amazônica tem cerca de 10% de todas as espécies de plantas do planeta;
  • Os povos indígenas usam cerca de 1.600 espécies de plantas para a cura de doenças;
  • Os rios voadores liberam 17 trilhões de litros de água no Oceano Atlântico por dia.

IndiosCrianças indígenas da Amazônia.

Veja também o significado de clima equatorial, ecossistema e fauna.

Data de atualização: 17/09/2020.