Significado de Caatinga

O que é Caatinga:

A caatinga é um bioma brasileiro de clima semiárido localizada no Nordeste. Este bioma só existe no Brasil e ocupa cerca de 840 km2, o que representa 11% do território brasileiro e 70% do território nordestino.

O nome caatinga é de origem tupi-guarani e significa “mata branca”, devido ao aspecto esbranquiçado dos troncos de árvore em virtude do clima seco.

Caatinga

Esse bioma está presente nos seguintes estados: Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Bahia e em uma parte de Minas Gerais. Veja a área de abrangência da caatinga no mapa:

Mapa caatinga

Apesar da aridez do solo e do clima seco, a caatinga abriga uma grande biodiversidade, contando inclusive, com espécies exclusivas desse bioma. 33% da vegetação e 15% dos animais dessa região são exclusivos da caatinga, isto é, são espécies endêmicas.

Cerca de 27 milhões de pessoas vivem na região da caatinga. A população local utiliza tecnologias como a cisterna para o armazenamento de água da chuva, que servirá para o abastecimento durante os períodos de estiagem.

Dentre as principais atividades econômicas da região estão a extração de madeira, a pecuária e o cultivo da cana-de-açúcar.

Características do bioma caatinga

A caatinga possui características peculiares, sua flora e fauna precisaram desenvolver formas de adaptação à escassez de água e à baixa umidade do ar.

Saiba o que é um bioma e conheça os biomas brasileiros.

Vegetação da caatinga

A vegetação da caatinga é formada por plantas xerófitas, isto é, que estão adaptadas a climas desérticos e semiáridos. Para facilitar o armazenamento da água, as raízes das plantas costumam cobrir o solo.

A caatinga é composta por árvores baixas e arbustos e no período das secas as folhas das plantas caem para evitar a perda da água por meio da transpiração e também para evitar a fotossíntese, proporcionando assim, economia de energia.

Quando se iniciam as chuvas, as folham voltam a aparecer, ficam verdes e brotam as flores.

Há espécies de cactos na região, como é o caso do mandacaru, que possui espinhos que, além de funcionar como mecanismos de defesa, são folhas modificadas para evitar o processo de transpiração.

Dentre as espécies da flora da caatinga, estão o juazeiro, o ipê-roxo e a macambira.

mandacaruMandacaru (Cereus jamacaru)

Clima da caatinga

O clima da caatinga é semiárido, com alternância de períodos de chuva e períodos de estiagem. Os períodos de seca são mais longos, o número de meses sem chuvas na região pode chegar a oito ou nove.

Devido aos baixos índices pluviométricos, na caatinga a umidade relativa do ar é baixa e as temperaturas costumam variar entre 25º C e 30º C ao longo do ano.

Veja o significado de clima.

Fauna da caatinga

A caatinga possui grande variedade de espécies mamíferos, anfíbios, aves, répteis, peixes e insetos da fauna brasileira, dentre eles o lagarto calanguinho, a cascavel, o pássaro carcará, a onça e o macaco-prego.

Veja o número de espécies da fauna da caatinga.

Mamíferos Aves Répteis Anfíbios Peixes Abelhas
178 597 177 79 241 221

CascavelCascavel (Crotalus durissus)

Devido ao desmatamento desse bioma, alguns animais estão ou correm o risco de extinção. A ararinha-azul, por exemplo, já foi declarada como extinta pelo IBAMA e o veado-catingueiro é uma espécie que corre o risco de extinção.

Veado catingueiroVeado catingueiro (Mazama gouazoubira)Macaco pregoMacaco-prego (Sapajus)

Veja o significado de fauna.

Solo da caatinga

O solo da caatinga é argiloso e arenoso, ele é pobre em matéria orgânica, mas rico em minérios, o que lhe confere fertilidade razoável. É devido a esses minérios que a vegetação seca, rapidamente se transforma em gramíneas e plantas com folhas verdes quando chove.

Hidrografia da caatinga

Os rios que nascem na caatinga são intermitentes e temporários, isto é, secam nos períodos de estiagem e voltam a surgir quando chega a chuva.

Os únicos rios perenes que abastecem a região são o Rio São Francisco e o Rio Parnaíba, que nascem em outros lugares, mas cruzam a região da caatinga.

Rio São FranciscoRio São Francisco em Paulo Afonso, divisa da Bahia com Alagoas.

Desmatamento da caatinga

O desmatamento e as queimadas são uma ameaça à esse bioma, que já perdeu 46% de sua cobertura original. O desmatamento da caatinga é feito, sobretudo, para a utilização das terras para agricultura e pasto.

Outra ameaça à caatinga é a caça e o comércio ilegal de animais silvestres.

A destruição desse bioma tem inúmeras consequências negativas para o equilíbrio dos ecossistemas, a manutenção das espécies e a para a qualidade da água na região.

Veja também o significado de desmatamento, animais em extinção e preservação do meio ambiente.

Data de atualização: 15/11/2019.