Pecuária

O que é pecuária?

A pecuária se refere à atividade econômica de criação de animais para a produção de alimentos e outras matérias primas para consumo, como couros, peles e ossos.

Praticada desde o período Neolítico (entre 7.000 e 2.500 a.C), é uma das atividades mais antigas desenvolvidas pelo homem.

A atividade pecuária é responsável pelo fornecimento dos mais variados tipos de carne e também pelos alimentos de origem animal, como o mel, o leite o os ovos.

Assim como a agricultura, a pecuária faz parte do setor primário da economia. Esse setor é predominante nas economias de países subdesenvolvidos, como é o caso do Brasil.

O termo agropecuária é utilizado para referir-se ao conjunto das atividades da pecuária e da agricultura. A pecuária se divide em diferentes tipos de cultura, como bovinocultura, avicultura e apicultura.

A pecuária brasileira

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de produtos pecuários do mundo, com destaque para as carnes bovinas e de aves.

Essa posição foi alcançada nas últimas décadas e foi resultados de fatores como:

  • A industrialização e o aumento da urbanização;
  • Programas de crédito para aquisição de máquinas e equipamentos;
  • Criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa);
  • Investimento em novas tecnologias e pesquisas genéticas para prevenção de doenças e melhoria dos produtos.

Essas ações tiveram como resultado o aumento da produtividade no setor: nas últimas quatro décadas no Brasil, a produção de aves cresceu 22 vezes e a produção de suínos, leite e carne bovina cresceu 4 vezes.

Atualmente, o agronegócio como um todo representa cerca de 22% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e dentro do agronegócio, cerca de 30% correspondem à produção pecuária.

Impactos da atividade pecuária no Brasil

Apesar de ser uma atividade econômica importante para o país, a produção pecuária no Brasil é responsável por diversos impactos ambientais e sociais, dentre eles:

  • Desmatamento: muitas áreas de vegetação natural no Brasil estão sendo desmatadas e queimadas para dar lugar às pastagens. A da destruição das matas nativas provoca o desequilíbrio nos ecossistemas, extinção de animais e o empobrecimento do solo.
  • Emissão de gases do efeito estufa: a flatulência dos bovinos emite gás metano, que é um dos gases que intensificam o efeito estufa e causam o aquecimento global. O resultado dessa emissão é prejudicial dado que existem mais de 200 milhões de cabeças de gado no Brasil.
  • Empobrecimento do solo: quando as áreas utilizadas para o pasto não recebem os devidos cuidados ou quando há mais gados do que a capacidade, o solo sofre compactação e perde sua capacidade de filtrar a água, tornando-o menos fértil.
  • Excessivo uso de água: o consumo de água para a produção pecuária é muito grande. Um boi consome cerca de 50 litros de água por dia e no processo de abate são consumidos em média 1200 litros de água por animal.

Quais são os tipos de pecuária?

As atividades pecuárias podem ser classificadas pelo tipo de produto que produzem:

  • Pecuária de corte: criação de rebanho com o objetivo de produzir e comercializar corte de carne animal;
  • Pecuária leiteira: criação de animais para a produção de leite e derivados, como queijo, manteiga e iogurte.

A pecuária também pode ser classificada de acordo com o nível tecnológico utilizado na produção:

Pecuária extensiva

A pecuária extensiva é uma produção mais simples e arcaica, caracterizada por grandes áreas, onde os rebanhos são criados soltos e se alimentam de pasto.

Devido a movimentação dos animais no terreno, o gado desenvolve músculos, o que torna a qualidade da carne inferior.

Na pecuária extensiva há pouca ou nenhuma utilização de recursos tecnológicos. Esse tipo de pecuária é mais comum em países e áreas menos desenvolvidas e sua produção tem baixa produtividade.

Pecuária intensiva

A pecuária intensiva utiliza-se de instrumentos tecnológicos para uma maior produtividade, como máquinas e equipamentos, mão-de-obra qualificada, insumos, sementes híbridas, transgênicos, clonagem e inseminação artificial.

Nessa modalidade, os animais são criados confinados em espaços pequenos e como utilizam pouco seus músculos, sua carne se torna mais macia. A pecuária intensiva é característica de regiões mais desenvolvidas.

Os tipos mais comuns de carne produzidos pela indústria pecuária são:

  • Bovinocultura: vacas e bois
  • Suinocultura: porcos
  • Avicultura: frangos, perus, patos e outras aves
  • Ovinocultura: ovelhas e carneiros
  • Caprinocultura: cabras e bodes
  • Equinocultura: cavalos e éguas
  • Bubalinocultura: búfalos
  • Pscicultura: peixes
  • Apicultura: abelhas

Veja também os significados de agropecuária e agricultura.

Data de atualização: 01/04/2020.