Significado de Adjetivo

O que é Adjetivo:

Adjetivo é toda palavra que caracteriza o substantivo, indicando-lhe qualidade, defeito, estado, condição etc. Ex.: homem bom (qualidade), menino traquina (defeito), moça feliz (estado), família rica (condição).

O adjetivo pode aparecer antes ou depois do substantivo. Ex.: linda moça ou moça linda.

Flexões dos adjetivos

Os adjetivos apresentam alguns tipos de flexões: gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e grau (comparativo e superlativo).

Flexão de gênero

O adjetivo deve concordar em gênero com o substantivo que ele qualifica. Se o substantivo for masculino, o adjetivo deve ser masculino. Se o substantivo for feminino, o adjetivo deve ser feminino.

Exemplos:

  • O prato estava frio.
  • A lasanha estava fria.
  • O atleta é rápido.
  • A atleta é rápida.

Todos esses adjetivos listados acima (frio/fria, rápido/rápida) são chamados biformes, já que variam de acordo com o gênero. O mesmo se pode dizer dos adjetivos português/portuguesa, glutão/glutona, brasileiro/brasileira e conquistador/conquistadora.

No entanto, há adjetivos invariáveis, independentemente do substantivo ser masculino ou feminino. Esses adjetivos são chamados de uniformes. É o caso de frágil, simples, ruim e leal.

Flexão de número

Da mesma forma como o adjetivo se comporta em relação ao gênero, ele se comporta em relação ao número. Trata-se de uma questão de concordância. Se o substantivo estiver no plural, o adjetivo deve estar no plural. Se o substantivo estiver no singular, o adjetivo deve estar no singular.

Exemplos:

  • Esse modelo se mostrou eficaz.
  • Esses modelos se mostraram eficazes.
  • Aquela cadeira é desconfortável.
  • Aquelas cadeiras são desconfortáveis.

Flexão de grau

Ocorre variação de grau num adjetivo quando se quer intensificar ou comparar. Assim, o adjetivo pode apresentar dois tipos de graus: o comparativo (que compara qualidades) e o superlativo (que intensifica qualidades).

O grau comparativo pode ser de superioridade (mais alta que), de igualdade (tão alta quanto) e inferioridade (menos alta que).

O grau superlativo indica intensificação da característica atribuída ao substantivo. Essa intensificação pode se dar de forma relativa ou absoluta.

No grau superlativo relativo, há a ideia de pôr o substantivo em relação com outra coisa. O grau relativo pode ser de superioridade (Essa árvore é a mais alta da praça) e de inferioridade (Essa árvore é a menos verde da praça).

Já o grau superlativo absoluto manifesta ideia de excesso. Ele pode ser sintético (A árvore era altíssima) e analítico (A árvore era muito alta).

Tipos de adjetivos

Os adjetivos são classificados de acordo com a sua estrutura. Eles podem ser simples, compostos, primitivos e derivados.

Adjetivos simples

Os adjetivos simples apresentam uma estrutura formada por um único radical (que é o componente básico da palavra). O adjetivo simples rico, por exemplo, é formado por um um único radical (ric).

Exemplos:

  • Brasileiro
  • Argentino
  • Bonito
  • Feio

Adjetivos compostos

Os adjetivos compostos apresentam ao menos dois radicais em sua estrutura.

Exemplos:

  • Socioeconômico
  • Azul-celeste
  • Surdo-mudo
  • Afro-brasileiro

Adjetivos primitivos

Os adjetivos primitivos são aqueles que não derivam de outra palavra. Na verdade, esses adjetivos servem de base para a formação de outras palavras.

Exemplos:

  • Bom
  • Belo
  • Branco
  • Livre

Adjetivos derivados

Os adjetivos derivados são formados por outras palavras. Eles resultam do acréscimo de prefixo ou sufixo a um radical.

Exemplos:

  • Azulado
  • Esperançoso
  • Entristecido
  • Enrijecida

Adjetivo pátrio

Os adjetivos podem se referir a cidades, países, continentes, estados ou regiões a que pertence uma pessoa ou instituição.

Exemplos:

  • Amazonense (do Amazonas)
  • Baiano (da Bahia)
  • Catarinense (de Santa Catarina)
  • Búlgaro (da Bulgária)
  • Neozelandês (da Nova Zelândia)

Os adjetivos pátrios podem ser compostos, tornando-se necessário reduzir o primeiro elemento que forma o adjetivo.

Exemplos:

  • Franco-asiático (França e Ásia)
  • Afro-americano (África e América)
  • Greco-romano (Grécia e Roma)

Locução adjetiva

A locução adjetiva é toda expressão (duas ou mais palavras) que aparecem no lugar de um adjetivo. Ex.: amor de mãe, casa de campo, avaliação por mês. A locução adjetiva sempre começa com uma preposição.

A maioria das locuções adjetivas é substituída por um adjetivo correspondente. Ex: amor materno, casa campestre, avaliação mensal.

Data de atualização: 27/11/2020.