Advérbio

O que é um advérbio:

Advérbio é uma palavra invariável que acompanha o verbo, modificando seu sentido. Exemplos: Cheguei cedo (advérbio de tempo). Ele escreveu depressa (advérbio de modo). Eu estou aqui (advérbio de lugar).

Mas advérbios também podem se relacionar com adjetivos ou até mesmo outros advérbios. Exemplos: Essa cor é menos feia (advérbio "menos" caracteriza o adjetivo "feia"). Ele se saiu muito bem (advérbio "muito" caracteriza o advérbio "bem").

Classificação dos advérbios

Os tipos de advérbio são definidos de acordo com a circunstância que o advérbio expõe. Essa circunstância pode ser de lugar, tempo, modo, intensidade, dúvida, afirmação, negação e interrogativo.

Advérbio de lugar

Aqui, ali, aí, cá, lá, atrás, perto, abaixo, acima, dentro, fora, além, adiante, à esquerda, à direita, de cima, onde, acima, defronte etc.

Exemplos:

  • Para chegar ao meu destino, tive de virar à esquerda.
  • A caixa está guardada dentro do guarda-roupa.
  • Aguarde-me aqui.

Advérbio de tempo

Agora, já, ainda, amanhã, cedo, tarde, sempre, nunca, ontem, anteontem, amanhã, hoje, atualmente, logo, à tarde, de manhã, à noite etc.

Exemplos:

  • Ontem fomos à pizzaria.
  • Ela chegou tarde demais.
  • Eu sempre gostei de você.

Advérbio de modo

Assim, bem, mal, depressa, devagar, em silêncio etc. Há também as palavras terminadas em "mente", como alegremente, lentamente, rapidamente, afobadamente, intensamente, ansiosamente, calmamente, alegremente etc.

Exemplos:

  • Voltei rapidamente para casa.
  • Abri a porta lentamente.
  • Esse texto foi mal escrito.

Advérbio de intensidade

Muito, pouco, bastante, depois, menos, tão, tanto, quase, demais, apenas, deveras, de todo etc.

Exemplos:

  • Durante a aula, o aluno falou demais.
  • Eu quase consegui a nota máxima.
  • Ele se saiu muito bem.

Advérbio de dúvida

Talvez, possivelmente, provavelmente, eventualmente, porventura, acaso, quiçá etc.

Exemplos:

  • Talvez consiga chegar a tempo.
  • Eu provavelmente serei contratado.
  • A aula possivelmente começará às 8h.

Advérbio de afirmação

Sim, certamente, realmente, efetivamente, decerto, sem dúvida, com certeza etc.

Exemplos:

  • Certamente irei à aula amanhã.
  • Sim, eu estou sabendo de tudo.
  • Ela é realmente a melhor opção para a vaga.

Advérbio de negação

Não, nunca, jamais, tampouco, de modo algum, de jeito nenhum, absolutamente etc.

  • Nunca me chame de novo para vir aqui.
  • Jamais voltarei àquele restaurante.
  • Não, eu prefiro frutas.

Advérbio interrogativo

Onde, aonde, quando, como, por que, por quê etc.

Exemplos:

  • Não sei por que você disse isso.
  • Aonde você vai?
  • Quando voltaremos à praia?

Flexão dos advérbios

Embora sejam invariáveis, os advérbios admitem algum tipo de flexão de grau. São dois os graus do advérbio:o comparativo e o superlativo.

Grau comparativo

O grau comparativo pode ser de igualdade, superioridade e inferioridade.

Exemplos:

  • Ele chegou tão tarde quanto o colega. (igualdade)
  • Ele chegou mais tarde que o colega. (superioridade)
  • Ele chegou menos tarde que o colega. (inferioridade)

Grau superlativo

O grau superlativo pode ser analítico e sintético. No caso do grau analítico, a indicação de aumento de grau é feita por outro advérbio. Já no caso do sintético, a presença de sufixo é o que indica o grau.

Exemplos:

  • Cheguei muito cedo. (analítico)
  • Cheguei cedíssimo.(sintético)

Locução adverbial

É uma expressão formada por duas ou mais palavras com o valor de advérbio. Exemplo:às vezes, a cavalo, a pé, a domicílio, ao vivo, a esmo, de propósito, de repente, de vez em quando, ao lado de, no meio de etc.

Exemplos;

  • De repente fomos informados de que não haveria mais o evento.
  • A igreja fica ao lado de casa.
  • Faço isso com prazer.

Veja também: