Características do capitalismo

Capitalismo é o sistema socioeconômico predominante no mundo contemporâneo. O seu principal objetivo é obter lucros e o acúmulo de riquezas.

O sistema capitalista surgiu em meados do século XV, substituindo o Feudalismo que imperava durante a Idade Média. Com este novo modelo, emergia a burguesia, a produção de capital, a desigualdade social, entre outras características que começaram a marcar o capitalismo.

Confira alguns dos principais aspectos que definem este sistema político-econômico que domina o mundo era da Globalização: 

1. Obtenção de lucro e a acumulação de riquezas

Este é o principal objetivo do capitalismo: obter riquezas. O lucro é proveniente dos valores acumulados a partir do trabalho coletivo fornecido pelas empresas privadas e desempenhado pelo proletariado (trabalhadores).

Para que o lucro seja sempre positivo, os donos dos meios de produção (capitalistas) adotam medidas de contenção de custos, como fornecedoras e matérias-primas mais baratas.

Descubra as diferenças entre o Capitalismo e o Socialismo.

2. Trabalhadores são assalariados

O trabalho assalariado é outra das principais características desse sistema socioeconômico. Os trabalhadores (proletariado) tem o direito por lei de receber uma remuneração em troca da sua força de trabalho. 

O salário começou a se tornar mais comum durante o período conhecido por Capitalismo Industrial (a partir de meados do século XVIII). Até então, a servidão e a escravidão eram os dois sistemas com maior presença no mundo, refletindo os costumes praticados durante a Idade Média (Feudalismo)

No sistema capitalista contemporâneo, os proletários representam a grande maioria, que dependem dos salários pagos fixamente pelos capitalistas (donos das propriedades privadas).

Os assalariados, por sua vez, usam este dinheiro para adquirir produtos e serviços de outros capitalistas, fazendo com que o sistema se movimente constantemente.

3. Predominância da propriedade privada

No sistema capitalista, os sistemas produtivos pertencem a uma pessoa ou a um grupo, de maneira geral.  Estes são bens particulares ou áreas de utilização individual.

Existe também dentro do sistema capitalista as chamadas empresas estatais, que em tese são de administração do Estado. Mas, devido às intensas crises econômicas, muitas delas acabam por ser privatizadas, ou seja, vendidas para empresas privadas.

4. Estado intervém pouco no mercado (Economia de Mercado)

Esta é a livre iniciativa de regulamentar o mercado capitalista, com pouca ou sem intervenção do Estado. Este processo é realizado através da chamada lei da oferta e da procura, onde os preços dos produtos são determinados de acordo com a procura pelos consumidores e a quantidade deste em oferta.

Para obter um melhor lucro, as empresas precisam oferecer produtos de qualidade com preços acessíveis. Neste sentido, a concorrência é outro fator resultante desta lei da oferta e da procura, pois ela amplia as opções de compra, o que faz com que os preços possam baixar.

5. Divisão entre classes sociais

Considerada a característica mais polêmica do sistema capitalista, a divisão de classes determina dentro do processo de trabalho coletivo, o lado que detém o poder e o lucro e o lado de quem trabalha para a produção deste lucro.

De um lado está uma minoria denominada capitalista, representada pelos donos dos meios de produção e de capitais e do outro lado a maioria chamada proletários, pessoas que vendem sua força de trabalho em troca de um salário que garanta saúde, alimentação, transporte, lazer, etc.

Este é o ponto principal da divisão de classes, pois nem sempre o capitalista oferece uma remuneração adequada e suficiente para atender todas as necessidades básicas dos trabalhadores.

Saiba mais sobre o Capitalismo e o que é ser Capitalista.

6. Crescimento da desigualdade social

Por fim, a desigualdade entre as classes sociais pode se tornar abissal, fazendo com que hajam grupos detentores de muita riqueza, enquanto outros vivendo em extrema pobreza.

A desigualdade social é um dos frutos mais problemáticos do capitalismo. Essa disparidade costuma estar associada ao desnivelamento na economia do país, ou seja, quando este não é capaz de garantir condições básicas para a garantia de um padrão de vida de qualidade para todos.

Saiba mais sobre: 

Desigualdade Social

Capital na economia

Data de atualização: 09/04/2018. Características do capitalismo está na categoria: Geral