7 Características do Socialismo

O socialismo é um sistema político e econômico que tem como principal fundamento a igualdade. O objetivo do sistema é a transformação da sociedade através distribuição de renda e de propriedades para diminuir a desigualdade social.

As principais características do socialismo são:

1. Intervenção do Estado

O Estado intervém de maneira permanente e eficiente na realização das atividades econômicas e sociais e controla os preços e os salários dos trabalhadores.

A intervenção do Estado é importante para garantir a igualdade de oportunidades e meios de produção para todos os cidadãos.

2. Distribuição equilibrada de renda

Distribuição de renda significa que tudo o que é produzido pela sociedade deve ser igualmente distribuído entre todas as pessoas. O lucro da produção é controlado pelo Estado e dividido entre os trabalhadores.

O principal objetivo da distribuição de renda controlada pelo Estado é eliminar as desigualdades que existem em razão da grande diferença de poder econômico entre classes sociais.

3. Socialização dos meios de produção

Toda a estrutura produtiva de terras, empresas e máquinas é propriedade coletiva, de cooperativas ou empresas públicas. Essa estrutura é administrada pelo Estado, assim como todo o processo de produção de bens e serviços.

Todas as riquezas e valores que sejam resultado da produção socializada devem ser igualmente divididos entre os cidadãos ou investidos em benefício da sociedade. Assim, no socialismo não existe a propriedade privada.

4. Inexistência de sistema de classes

Em consequência dos meios de produção pertencerem a todos, no socialismo deve existir somente a classe social dos proletários (trabalhadores).

Não existem ricos ou pobres, nem patrões e empregados e os recursos da economia são de todos. Não existem classes sociais com interesses opostos ou que representem uma desigualdade social.

5. Economia planificada

Significa que a economia e a produção do país são controladas pelo Estado para que funcionem da maneira mais igualitária possível. O Estado é o responsável pelo controle de todos os âmbitos da economia, como o controle do que é produzido, dos preços e das vendas.

Também é responsabilidade do Estado fazer o controle do valor e do pagamento dos salários. A economia planificada também é chamada de estatização da economia.

6. Oposição ao capitalismo

Desde o seu surgimento na Revolução Industrial o ideal socialista nasceu como uma reação às desigualdades sociais geradas pelo capitalismo.

Existem muitas diferenças entre os dois sistemas. No socialismo há intervenção do Estado na economia, na produção e nos salários. No capitalismo existe pouca intervenção e os preços e salários são definidos pelo movimento do mercado econômico.

Outra diferença se refere às classes sociais. O socialismo busca uma sociedade sem divisão de classes, já no capitalismo existem classes sociais diferentes que demonstram a existência de desigualdades sociais.

Veja mais sobre o significado de Capitalismo e Socialismo.

7. Subordinação do interesse individual ao interesse geral

Faz parte do funcionamento do ideal socialista a ideia de que o interesse coletivo ou da sociedade é mais importante do que as vontades individuais.

Isso significa que os interesses de cada indivíduo devem ficar em segundo plano frente aos interesses que são comuns a todos.

Saiba mais sobre Socialismo Científico, Socialismo Utópico e Comunismo e Socialismo.

Data de atualização: 05/07/2018.