Significado de Filofobia

O que é a Filofobia:

Filofobia é o medo irracional de amar ou se apaixonar por alguém.

Este tipo de fobia pode ser desencadeada a partir de um intenso trauma emocional relacionado com o sentimento de amor. Mas, em alguns casos, a filofobia também pode se apresentar como uma doença crônica.

De acordo com alguns psicólogos e psiquiatras, o receio da rejeição ou de uma provável separação (divórcio), faz com que os pacientes com filofobia evitem qualquer tipo de relacionamento afetivo.

As pessoas que sofrem de filofobia não conseguem sequer beijar ou trocar carinhos com outro indivíduo, quando há um possível sentimento de amor ou paixão.

Etimologicamente, filofobia se origina a partir da união dos termos gregos “phobia” (medo) e “filos” (amar).

Sintomas

Entre alguns dos sintomas físicos deste transtorno, os mais comuns são: náusea, boca seca, respiração acelerada, falta de ar, mãos trêmulas e ataque de pânico.

Os sintomas costumam surgir quando o filofóbico está próximo ou pensando em alguém que desperta em si um potencial sentimento de paixão ou amor.

O sentimento de medo é tão intenso no filofóbico que o seu corpo reage como se estivesse perante uma situação de vida ou morte.

Quando diagnosticada, a filofobia deve ser devidamente acompanhada e tratada por um profissional qualificado. Este transtorno pode provocar sérias consequências para a vida da pessoa, como estados de solidão ou depressão, por exemplo.

Tratamento

A filofobia tem cura. A terapia cognitiva é uma das técnicas mais utilizadas pelos psicólogos, pois ajudam o paciente a mudar os seus padrões de pensamentos negativos para positivos e otimistas.

Assim como no tratamento dos outros tipos de fobias, a dessensibilização também é outro método bastante eficaz. Neste caso, o terapeuta cria casos fictícios que simulam eventos reais, ajudando o paciente a ultrapassar seus temores e estarem preparados para situações da vida real de modo mais saudável.

Saiba mais sobre o significado das Fobias.

Data de atualização: 15/10/2019.