Filosofia

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Professor de Filosofia, Mestre em Ciências da Educação

O que é filosofia?

Filosofia é uma área do conhecimento dedicada à construção de saberes lógicos e racionais. A filosofia produz um conhecimento sistemático a partir da argumentação e da criação de conceitos.

A filosofia se dedica a estudar qualquer assunto desde que se possa produzir um conhecimento válido a partir de sua argumentação. Consiste no estudo de problemas fundamentais relacionados ao conhecimento, à lógica, à existência, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem.

Filósofo é um indivíduo que busca o conhecimento, movido pela curiosidade, pelo questionamento do mundo e sobre os fundamentos da realidade.

Além do desenvolvimento da filosofia como uma disciplina, a filosofia é intrínseca à condição humana, não é apenas um conhecimento, mas uma atitude do ser humano em relação ao universo e seu próprio ser.

A "atitude filosófica" significa olhar tudo aquilo que existe, desde as coisas mais simples até as mais complexas com um olhar de estranhamento, de distanciamento e com vontade de conhecer.

A filosofia pode focar nas questões da existência humana, mas diferentemente da religião, não é baseada na revelação divina ou na fé, e sim na razão.

Desta forma, a filosofia pode ser definida como a análise lógica e racional de tudo aquilo que é relevante para a existência humana, individual e coletivamente, com base na compreensão do ser e do universo.

A palavra "filosofia" é a união de suas palavras gregas amor (philo) e sabedoria (sophia), significando, então, o "amor à sabedoria", "amor ao conhecimento".

A criação da palavra é atribuída ao filósofo grego Pitágoras, que definiu que o papel daquele que ama o saber é não aceitar passivamente nenhuma informação, é questionar e buscar um compreender todas as coisas.

Assim, qualquer assunto que seja considerado importante e possa produzir conhecimento é um objeto de estudo da filosofia.

A ciência, como é compreendida até hoje, nasce do método filosófico, do olhar atento e criterioso sobre a realidade, mas diferencia-se da filosofia por possuir uma parte empírica, o experimento.

Saiba mais sobre conhecimento empírico.

A filosofia pode ser dividida em vários ramos, ou áreas de conhecimento, são elas:

  • Metafísica
  • Lógica
  • Ética
  • Estética
  • Teoria do Conhecimento
  • Antropologia Filosófica
  • Filosofia da Natureza
  • Filosofia Política
  • Filosofia da Ciência
  • Filosofia da Linguagem
  • História da Filosofia

A filosofia também pode ser dividida por períodos, cada um dos períodos possui características específicas e apresentam problemáticas específicas, são eles:

  • Filosofia Antiga
  • Filosofia Medieval
  • Filosofia Moderna
  • Filosofia Contemporânea

De acordo com Platão, o papel do filósofo é buscar o conhecimento das ideias, o verdadeiro conhecimento caracterizado como episteme, que se opõe à doxa (opinião), que é baseada somente na aparência.

O filósofo francês Gilles Deleuze descreveu a filosofia como criadora de conceitos e esses conceitos criados vão compor a própria filosofia.

Hoje, a palavra "filosofia" é muitas vezes usada para descrever um conjunto de ideias ou atitudes, por exemplo, "filosofia de vida".

Origem da Filosofia

A Filosofia surgiu na Grécia Antiga, por volta do século VI a.C. Naquela época, a Grécia era um centro cultural importante e recebia influências de várias partes do mundo.

Assim, o pensamento crítico começou a florescer e muitos indivíduos começaram a procurar respostas racionais para o mundo, fora da mitologia grega. Essa atitude de busca por um conhecimento lógico e racional significou o nascimento da Filosofia.

Vários autores indicam que Tales de Mileto foi o primeiro filósofo (sem se descrever como tal) e Pitágoras foi o primeiro que se classificou como filósofo ou "amante da sabedoria".

Veja também o significado de ciências sociais, sociologia e filosofia antiga.

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).