Significado de Cultura

O que é Cultura:

A cultura é compreendida como os comportamentos, tradições e conhecimentos de um determinado grupo social, incluindo a língua, as comidas típicas, as religiões, música local, artes, vestimenta, entre inúmeros outros aspectos.

Para as ciências sociais (entre elas a sociologia e antropologia), cultura é uma rede de compartilhamento de símbolos, significados e valores de um grupo ou sociedade. São formados artificialmente pelo homem, ou seja, de uma maneira não natural.

A origem da palavra cultura vem do termo em latim colere, que significa cuidar, cultivar e crescer. Por isso o termo também está associado a outras palavras, como a agricultura, que trata do cultivo e crescimento das plantações.

Os elementos que compõem uma cultura são compartilhados pelos membros da sociedade, criando-se, assim, uma identidade cultural.

A cultura brasileira, por exemplo, é conhecida por sua grande mistura de povos, as grandes festas como o carnaval, a diversidade musical e até mesmo pelo bom futebol.

Mas é errado dizer que todos os brasileiros, assim como os cidadãos de outros países, possuem o mesmo comportamento ou reproduzem a mesma cultura pelo qual o seu país é conhecido.

Isso porque cada estado ou pequena região possui sua cultura tipicamente local, com diferentes comidas típicas, estilos musicais, comportamentos, dialetos, entre outros aspectos, que criam a identidade de um determinado grupo social.

A cultura é também um mecanismo cumulativo, porque as modificações trazidas por uma geração passam à geração seguinte.

Ela perde e incorpora outros aspectos, numa forma de melhorar a vivência das novas gerações e acrescentar novos elementos.

Sendo assim, a cultura está sempre em transformação, motivada, em grande parte dos casos, pela troca entre diferentes povos. Aliás, impossível falar de cultura sem falar de troca, aspecto que caracteriza as culturas ao redor do mundo.

Descubra mais sobre o significado de antropologia, diversidade cultural e multiculturalismo.

Tipos de cultura

Cultura popular

cultura popular

A cultura popular é a base da cultura de qualquer povo e região. Uma característica importante deste tipo de cultura é que ela começa de baixo para cima, ou seja, são as classes populares quem determinam o que é essa cultura e como ela deve ser reproduzida.

Na cultura popular, seus elementos, como as danças, estilo musical, costume, entre outros, são transmitidos de geração para geração por um povo.

Por exemplo, nas festas, podemos identificar o Frevo, como pertencente ao estado de Pernambuco, e a Chula, do Rio Grande do Sul, criados, consequentemente, pelo povo.

Saiba mais sobre o significado de Cultura popular.

Cultura erudita

cultura erudita

A cultura erudita é aquela reproduzida pela classe média ou alta de um povo, como os intelectuais e os artistas, sendo financiada pela elite econômica. É o tipo de cultura que está concentrada no meio acadêmico.

Um grande exemplo foi o movimento do Renascimento. Seus artistas, principalmente os pintores, eram financiados para produzir artes que seriam apreciadas pela elite social da época.

É importante saber que, mesmo sendo considerada uma cultura da elite, a cultura erudita não necessariamente será produzida por estas pessoas, mas sim financiada por elas.

Alguns exemplos da cultura erudita são as exposições em museus, as pinturas, o balé, a ópera, entre outros.

Veja mais sobre a cultura erudita.

Cultura de massa

cultura de massa

A cultura de massa une os aspectos da cultura erudita e da cultura popular, transformando-as em uma cultura mais acessível, simples e como entretenimento para o consumo geral.

A cultura de massa se concentra principalmente nas grandes mídias, como a TV e redes sociais, focado no consumo.

Uma grande questão é que, através da cultura de massa, as culturas erudita e popular deixam de ser uma experiência, uma vivência e uma identidade, para se tornarem um conteúdo de entretenimento que pode ser vendido de alguma maneira.

Um exemplo é a pintura da Monalisa, de Leonardo da Vinci. Considerada parte da cultura erudita, a pintura da Monalisa começa ser usada pela cultura de massa em estampas de camisetas, ou com fotos editadas, reproduzidas principalmente nas redes sociais, numa forma de entretenimento.

Um exemplo de cultura popular transformada pela cultura de massa é o sertanejo. Esse estilo musical surgiu nos meios rurais, numa forma de descrever a vida no campo, mas a cultura de massa, através do sertanejo universitário, transformou o estilo em entretenimento acessível a outros públicos.

Veja mais sobre cultura de massa.

Cultura material

cultura material

A cultura material são os aspectos da cultura que são tangíveis, ou seja, aqueles que podem ser tocados. São objetos físicos e concretos.

A cultura material são elementos produzidos manualmente pelo ser humano, e que se tornam aspectos físicos da cultura e tradição de um povo.

Alguns exemplos de cultura material são: um cocar indígena, o Pelourinho na Bahia, o Centro Nacional de Ouro Preto, entre diversas outras.

Cultura imaterial

cultura imaterial

A cultura imaterial é considerada intangível, ou seja, os elementos que não podem ser tocados.

São, basicamente, os costumes e tradições que não são físicas e que precisam ser reproduzidos e vivenciados. Geralmente, um grupo social preserva este tipo de cultura em respeito à sua ancestralidade.

Alguns exemplos de cultura imaterial são a Literatura de Cordel, a Roda de Capoeira, o Frevo, entre outros.

Veja também o significado de cultura brasileira.

Cultura organizacional

cultura organizacional

A cultura organizacional é o conjunto de hábitos, crenças e normas que estabelecem o comportamento dos funcionários dentro de uma determinada empresa.

A cultura organizacional define os princípios que constroem a identidade de uma organização, a forma como as pessoas se relacionam, se comunicam e se transformam.

Saiba mais sobre o significado de Cultura organizacional.

Elementos da cultura

A cultura é definida por elementos abstratos, ou seja, ideias, crenças, valores e símbolos, e os elementos concretos, ou seja, objetos físicos que formam a sua estrutura.

Estes elementos estão associados às culturas material e imaterial da seguinte forma:

  • Elementos da cultura imaterial: são todas as ideias e símbolos que compõem uma cultura. Esses elementos estruturam uma cultura abstrata, ou seja, são os valores, as crenças, os símbolos e a linguagem que compõe um grupo social.
  • Elementos da cultura material: são todos os objetos físicos que compõe a cultura. Diferente dos materiais, os elementos imateriais da cultura são constituídos por elementos que pode ser tocados, como, por exemplo, as comidas típicas, roupas e monumentos.

Leia também sobre o significado, tipos e exemplos de estereótipo.

Veja também sobre o significado de:

Data de atualização: 28/10/2020.