Significado de Homeopatia

O que é Homeopatia:

Homeopatia é um método de tratamento que consiste na administração de doses mínimas do medicamento ao doente para evitar a intoxicação e estimular a reação orgânica.

Foi criada em 1796 pelo médico alemão Samuel Hahnemann, fundamentada na Lei dos Semelhantes, citada por Hipócrates no ano 450 a.C. De acordo com esta lei, os semelhantes curam-se pelos semelhantes, ou seja, para tratar um indivíduo doente é necessário aplicar um medicamento que, quando aplicado em alguém sadio, produz os mesmos sintomas apresentados pelo doente.

A palavra "homeopatia" tem origem no grego homoispathos, onde homóis = semelhante e pathos = sofrimento, doença.

A homeopatia chegou ao Brasil em 1840 trazida pelos franceses, mas só em 1980 foi reconhecida como uma especialidade médica pela Associação Médica Brasileira (AMB) e no ano seguinte pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Em 1996 o Conselho Federal de Medicina Veterinária ​também reconheceu a homeopatia como especialidade.

Para se tornar um homeopata, o profissional especialista em homeopatia, é necessária graduação em Medicina, Medicina Veterinária, Farmácia ou Odontologia.

Medicamentos Homeopáticos

A preparação dos medicamentos homeopáticos é feita a partir de substâncias extraídas da natureza (minerais, vegetais ou animais), das quais existe um conhecimento prévio da sua potencialidade curativa, mediante a experimentação no homem sadio.

Esses medicamentos passam por técnicas de diluição e dinamização específicas, tratando as doenças pela semelhança, ou seja, o que é capaz de produzir a doença também é capaz de curá-la.​

O processo de diluição seguido de agitação é chamado de "dinamização", do grego dynamis, que significa "força", pois através desse processo é possível despertar na substância a capacidade de atuar sobre a força vital do organismo vivo. ​

Hahnemann, no início das suas experiências, começou diluindo os medicamentos e verificou que, quanto mais ele os diluía, mais eram minimizadas as reações indesejáveis.

Também percebeu que diluindo sucessivamente as substâncias e agitando-as várias vezes, conseguia sempre melhores resultados, chegando assim às doses mínimas. Desta forma, a toxicidade das substâncias é atenuada e o seu potencial curativo, aumentado.

Data de atualização: 23/02/2015.