Significado de Opus Dei

O que é Opus Dei:

Opus Dei (“Obra de Deus”, em latim) é uma instituição pertencente à Igreja Católica, que se intitula como uma ferramenta evangelizadora da igreja, com o objetivo de santificar o trabalho cotidiano das pessoas sob as condutas de uma vida cristã.

Também conhecida por Prelazia da Santa Cruz e Opus Dei, esta organização religiosa é classificada como uma prelazia pessoal pela Igreja Católica, ou seja, uma estrutura institucional formada por diferentes categorias (leigos, clérigos e prelado), que visa o fomento de determinadas atividades pastorais.

A Opus Dei foi fundada por São Josemaría Escrivá de Balaguer, em 2 de Outubro de 1928, em Madrid, na Espanha. Josemaría Escrivá foi canonizado em 2002, passando a ser reconhecido como um santo pela Igreja Católica.

De acordo com os princípios divulgados pela Opus Dei, os seus sócios – homens ou mulheres - não precisam abandonar as suas profissões para se dedicar exclusivamente ao trabalho pastoril, muito menos alterar o estado civil, ou seja, podem participar pessoas casadas, solteiras e viúvas.

Além das chamadas “pessoas leigas”, a Opus Dei também é aberta àqueles que seguem uma vida sacerdotal, no entanto, de acordo com estatísticas da instituição, mais de 90% dos membros são leigos.

Os membros da Opus Dei são basicamente divididos em duas classes: os supernumerários e os numerários.

Os supernumerários formam grande parte dos atuais sócios da instituição religiosa. Por norma, são pessoas casadas e com profissões estáveis, que separam parte do dia para fazer orações, comparecer em reuniões e retiros espirituais.

Os numerários são os homens e mulheres que se dedicam exclusivamente ao celibato, vivendo para servir totalmente aos objetivos apostólicos da Opus Dei.

No Brasil, a Opus Dei foi instituída a partir de 1957, sendo a primeira sede em terras brasileiras construída na cidade de Marília, no estado de São Paulo.

Existem diversas teorias da conspiração que envolvem a Opus Dei, conferindo o sentido de sociedade secreta ou seita, que utiliza a religião como ferramenta para executar seus interesses pessoais.

Saiba mais sobre teoria da conspiração.

Alguns relatos de ex-sócios descrevem torturas sexuais que eram praticadas na Opus Dei, com o intuito de inibir prováveis prazeres sexuais dos homens e mulheres.

Os numerários seriam vítimas de regras rígidas e extremamente autoritárias, sendo proibidos de visitar seus familiares, por exemplo.

Alguns depoimentos relatam o desenvolvimento de sérios problemas mentais e alucinações provocadas pelas constantes torturas psicológicas que alguns membros da Opus Dei sofriam.

Opus Dei e Código Da Vinci

A Opus Dei ganhou grande notoriedade com a publicação do livro “O Código Da Vinci”, em 2003, sob autoria do escritor norte-americano Dan Brown. Em 2006, o livro ganhou uma versão para os cinemas sob a direção de Ron Howard.

Na trama, a Opus Dei e descrita como uma seita religiosa manipuladora e que tenta proteger a localização do Santo Graal, além da revelação de que Jesus Cristo teria mantido um relacionamento com Maria Madalena, gerando descendentes ainda vivos na Terra.

Ver também o significado de Santo Graal

Opus Dei e Maçonaria

Algumas teorias consideram a maçonaria como inimiga da Opus Dei, no entanto, existem outras suposições que alegam serem as duas aliadas ou parceiras em busca de um objetivo em comum.

A Opus Dei é uma instituição que pertence exclusivamente à Igreja Católica, composta por trabalhadores e membros do clero.

A maçonaria, por sua vez, foi criada no começo do século XVIII e é conhecida por ser composta por brilhantes e influentes personalidades da sociedade.

A Opus Dei é considerada por algumas pessoas como a “maçonaria branca”, devido a aura de sociedade secreta que acomete todos os seus membros. 

Saiba mais sobre o significado de Maçonaria

Data de atualização: 23/06/2015. O significado de Opus Dei está na categoria: Religião