Significado das Virtudes humanas

O que são as Virtudes humanas:

Virtudes humanas são qualidades morais padrão dos seres humanos, relacionadas com a construção da personalidade de cada indivíduo.

Lista de virtudes humanas

Os tipos de virtudes humanas diferem de acordo com autores e áreas de estudo. Para os filósofos e psicólogos, por exemplo, as virtudes humanas básicas das pessoas são:

  • benevolência
  • justiça
  • paciência
  • sinceridade
  • responsabilidade
  • otimismo
  • sabedoria
  • respeito
  • autoconfiança
  • contentamento
  • coragem
  • desapego
  • despreocupação
  • determinação
  • disciplina
  • empatia
  • estabilidade
  • generosidade
  • honestidade
  • flexibilidade
  • humildade
  • misericórdia
  • introspecção, entre outras.

Tipos de virtude

Virtudes adquiridas

As virtudes adquiridas (ou naturais) são os hábitos que se criam através do processo de socialização, seja na família, na escola ou nas demais instituições das quais fazemos parte desde que nascemos.

Assim, as virtudes humanas não são inatas, mas sim elementos que se constroem e complementam a personalidade das pessoas ao longo da vida. Por exemplo, ninguém nasce com “autoconfiança” ou “honestidade”, mas aprende a ter esses comportamentos a partir de lições e referências moralmente positivas dentro do ambiente em que está inserido.

Outra característica da virtude é a sua continuidade ao longo do tempo. Virtudes são capacidades morais uniformes, ininterruptas. Isso significa que um ato moral isolado não constitui por si só a virtude.

A virtude como uma disposição constante nos aproxima da ideia de virtude em Aristóteles. Esse filósofo a define como um hábito racional constante que faz do ser humano bom e capaz de cumprir bem com suas funções. Para Aristóteles, a virtude consiste na justa medida (ou meio termo) entre o excesso e a deficiência. Por ser um hábito, não nascemos virtuosos, mas nos tornamos virtuosos através da prática e da educação.

Platão e outros filósofos resumiram todas as virtudes humanas em quatro tipos distintos: prudência, justiça, fortaleza e temperança. Essas virtudes fundamentais (ou cardeais) são definidas por Platão como capacidades da alma. A alma humana tem algumas funções, e sua capacidade de cumpri-las são suas virtudes.

Vale lembrar que as virtudes humanas representam características e qualidades positivas do comportamento do indivíduo. As virtudes são responsáveis por moldar e ditar o caráter, os valores e a personalidade de cada pessoa.

Virtudes sobrenaturais

No âmbito religioso, de acordo com a maioria das doutrinas cristãs, as virtudes humanas (ou virtudes morais) devem ser combinadas com as chamadas virtudes sobrenaturais. São também chamadas de “virtudes infusas” (derramadas, inspiradas), já que elas chegam à alma através da graça santificante. Ou seja, essas virtudes são recebidas diretamente de Deus.

As virtudes sobrenaturais distinguem-se em virtudes teologais e virtudes morais. As virtudes teologais consistem em três dons: a fé, a caridade e a esperança. A origem e a finalidade dessas virtudes são Deus. Elas dão forma às virtudes morais.

As virtudes morais são inúmeras e podem ser definidas como atos de bondade que estejam em concordância com as virtudes teologais. As virtudes morais são os meios que conduzem ao fim último, que é sobrenatural.

Em oposição à virtude, está o vício. Mas essa palavra deve ser entendida no seu sentido mais abrangente, enquanto algo que destrói por dentro as qualidades do indivíduo, fazendo com que ele se afaste do caminho da virtude.

Saiba mais sobre o significado de Virtude.

Data de atualização: 06/10/2020.