Significado da Esquerda

O que é a Esquerda:

Esquerda é o termo usado para denominar um posicionamento político, partidário e ideológico que tem como principal objetivo a defesa de interesses de grupos sociais e de igualitarismo.

Do ponto de vista político, quando se diz que uma pessoa é de esquerda significa que esta concorda e compactua com os posicionamentos ideológicos deste espectro político.

O que a esquerda defende?

A ideologia política de esquerda defende que o controle feito Estado, através dos seus governos, é a solução para que exista igualdade entre os cidadãos.

De acordo com essa ideia, o Estado deve controlar o funcionamento de vários setores da sociedade, além de ser responsável por proporcionar educação, saúde, trabalho e outros direitos básicos aos cidadãos.

A ideologia de esquerda defende, principalmente, as classes sociais menos favorecidas na sociedade, ou seja, aquelas que necessitam de mais atenção e serviços públicos.

Os grupos de esquerda também são conhecidos por apoiarem sistemas de reformas sociais, como o socialismo e o comunismo.

Origem da esquerda no cenário político

A origem do termo “esquerda”, como um posicionamento político-ideológico, surgiu durante as Assembleias Constituintes francesas do século XVIII.

Nessas sessões, havia a clara separação entre os grupos burgueses e conservadores, que sentavam do lado direito na Assembleia, por não gostarem da participação dos grupos populares. As pessoas que pertenciam às classes mais humildes, e que eram adeptas do revolucionismo, ficavam do lado esquerdo da sala.

A partir deste cenário, o termo “esquerda” passou a simbolizar o ideal de luta pelos direitos populares e pelos trabalhadores e a “direita” virou sinônimo de conservadorismo e elitismo.

Esquerda e direita atualmente

Com o passar do tempo as definições de esquerda e direita foram se transformando e ganharam novas interpretações. Atualmente, a definição de um posicionamento político é mais complexa do que a antiga divisão entre esquerda e direita, porque surgiram variações desses conceitos, de acordo com os pensamentos políticos de cada grupo.

No cenário atual, as variações, chamadas de espectro político, podem ir de extrema-esquerda, esquerda, centro-esquerda, centro, centro-direita, direita até extrema-direita. Essa classificação também é conhecida como régua ideológica.

Muitas vezes o termo esquerda também é usado para se referir a um grupo partidário que se opõe ao partido político que está no poder. Assim, muitas vezes, direita pode ser o nome dado para grupos partidários que apoiam o grupo político que está no governo.

Além disso, surgiram outras ramificações dos posicionamentos de esquerda e direita, em diferentes níveis. Partidos de esquerda, conforme suas variações ideológicas, podem englobar os social-democratas, os socialistas democráticos, os ambientalistas e os progressistas. Os autoritários e igualitários podem ser exemplos de partidos de extrema esquerda.

Já os partidos de direita normalmente envolvem os conservadores, os democratas-cristãos, os liberais e os nacionalistas. Os grupos extremistas de direita defendem o ditatorialismo, como o nazismo e o fascismo, por exemplo.

Variações ideológicas

Existem ainda outros grupos políticos específicos dentro da ideologia de esquerda, como a esquerda liberal, que une princípios que pertencem ao liberalismo com princípios dos movimentos de esquerda.

É importante saber que podem existir variações entre as ideologias. Os partidos políticos podem adotar, por exemplo, alguns princípios ou filosofias que não podem ser enquadrados como sendo exclusivamente de esquerda ou de direita.

Descubra mais sobre o significado da Direita.

Diferenças entre esquerda e direita na política

A esquerda defende o igualitarismo, as implantações de políticas públicas e a luta pelos movimentos populares, sociais e de minorias. Já a direita costuma se classificar como defensora de mais liberdade individual, da preservação religiosa e da conservação de antigas tradições.

Veja algumas diferenças:

. Esquerda Direita
O que defende? Igualitarismo / luta pelos movimentos sociais e minorias. Liberdade individual / conservação religiosa e das tradições familiares.
Papel do Estado Obrigação de garantir que todos os cidadãos tenham oportunidades iguais. Individualismo, cada indivíduo deve ser responsável por garantir as suas oportunidades.
Economia Impostos altos para os ricos / igualdade de renda / investimento do governo em programas sociais. Redução de gastos com os setores públicos / redução de impostos / redução na regulamentação das empresas.
Principais partidos no Brasil PSB, PSOL, PT, PCdoB. PP, DEM, PR, PSC.

"Esquerda caviar" e "esquerdopata"

"Esquerda caviar" tem origem na expressão francesa gauche caviar. É uma expressão pejorativa que é usada para se referir a uma pessoa que se identifica como de esquerda, mas que vive um estilo de vida classificado como luxuoso e capitalista.

Hoje em dia também é comum usar o termo “esquerdopata” para se referir aos grupos de extrema-esquerda, considerados "fanáticos" pela ideologia e que fazem uma defesa mais intensa de questões ligadas às mudanças políticas e sociais.

Saiba mais sobre o significado de Capitalismo.

A esquerda no Brasil

No Brasil, as lutas de ideologias entre os grupos de esquerda e de direita se intensificaram muito a partir do período da Ditadura Militar.

Nesse período, quem apoiava a ditadura e o regime militar era considerado de direita, enquanto as pessoas que defendiam o fim do regime ou a implantação do socialismo eram classificadas como de esquerda.

Saiba mais sobre o significado do Socialismo e Liberalismo.

Data de atualização: 25/09/2019.