Significado da Foice e o martelo

O que é Foice e o martelo:

A foice e o martelo é um dos símbolos mais utilizados para representar os movimentos socialista e comunista, disseminados principalmente por personalidades como Karl Marx, Friedrich Engels e Vladimir Lênin.

foice e marteloO símbolo comunista está representado com a imagem da foice e do martelo, sob um fundo vermelho, com se estivessem entrelaçadas. Representam a união dos camponeses e dos operários.

O emblema da foice e do martelo como símbolo da ideologia comunista foi amplamente utilizado nos brasões e bandeiras da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), da China, do Vietnã, de Angola e da Coreia do Norte.

Saiba mais sobre o significado da URSS.

Quando o símbolo foi criado?

O símbolo da foice e do martelo foi criado durante o período da Revolução Russa, em 1918. Nesta época os trabalhadores russos, liderados por Lênin, acreditavam que só seria possível a vitória do socialismo com a união das forças entre os trabalhadores camponeses e os operários.

O idealizador do símbolo foi o artista russo Evgueni Kamzolkin, que, curiosamente, não era comunista, vinha de uma família bastante rica e era um homem muito religioso.

Significado do símbolo

De acordo com algumas interpretações o símbolo da foice e do martelo teria sido baseado no símbolo da maçonaria, um cinzel e um martelo.

No entanto, para a ideologia comunista, a foice seria o símbolo da força dos camponeses e o martelo dos trabalhadores industriais. Assim sendo, a união da foice e do martelo representava a aliança entre os dois tipos de proletariados essenciais para que houvesse a revolução do socialismo e, consequentemente, do comunismo.

O fundo vermelho representa, simbolicamente, o sangue dos operários. O vermelho também é a cor que representa o ideal da revolução comunista.

Conheça 6 características do comunismo e veja as diferenças entre comunismo e socialismo.

Ver também:

Data de atualização: 06/07/2018.