Significado de Moral

O que é Moral:

A moral é um conjunto de regras, costumes e formas de pensar de um grupo social, que define o que devemos ou não devemos fazer em sociedade.

Etimologicamente, o termo moral tem origem no latim morales, cujo significado é “relativo aos costumes”. São as regras definidas pela moral que regulam o modo de agir das pessoas.

Toda vez que se fala em moral, é preciso pensar em coletividade. Isso porque as regras que a constroem são definidas por um grupo de pessoas, ou seja, pelo coletivo.

Ao acreditarem que alguma atitude pode tornar a convivência social mais harmoniosa, como por exemplo não roubar, ajudar o próximo, entre outras, as regras vão sendo estabelecidas.

O que nos leva a outro ponto importante: a moral pode ser diferente em cada região. O mesmo conjunto de regras que existe na sociedade brasileira, por exemplo, pode não se aplicar à sociedade japonesa.

Isso acontece devido a um fator essencial na construção da moral: a cultural local. É ela quem ajuda a determinar o que cada sociedade entende como certo ou errado.

A moral segundo a filosofia

Na filosofia, a moral é definida como as "ciências do espírito", ou seja, aquelas que contemplam todas as atitudes que não são expressas fisicamente pelo ser humano.

O filósofo alemão Friedrich Hegel (1770-1831) dividiu a moral em dois tipos:

  • moral objetiva, aquela que faz com que as pessoas obedeçam às leis morais, ou seja, aquelas estabelecidas pelos padrões, leis e tradições de uma sociedade;
  • e a moral subjetiva, quando a pessoa pratica ou cumpre um dever moral de forma espontânea, por sua própria vontade.

Geralmente, a moral é compreendida e analisada como algo puramente sociológico, ou seja, que não depende do sujeito. Nesta visão mais sociológica, acredita-se que ela pertence apenas à sociedade e à forma que ela constrói a moral.

Porém, na visão filosófica, a moral também está ligada ao indivíduo. Isso porque o indivíduo precisa aceitar o conjunto de regras criado, para assim reproduzi-lo. Ou seja, a moral se consolida realmente quando o indivíduo acredita naquele valor, aceita e o pratica.

Exemplos de moral

Exemplo 1:

Imagine que você está andando em sua cidade e encontre uma pilha de jornais, com edições do dia, sem pessoas ao redor para cobrar o valor. Ao lado da pilha, há uma cesta pequena e uma placa com o valor unitário da edição.

Neste caso, ao decidir levar uma das edições, você pode escolher colocar ou não o dinheiro. Por isso, a decisão de levar o jornal e pagar ou não por ele é uma questão moral. Moralmente, você sabe que o correto é pagar, mas pode optar por não fazer isso.

Um indivíduo que escolhe não pagar, seria considerado imoral, ou seja, aquela pessoa que não segue as regras e bons costumes do grupo social em que vive.

É importante lembrar que também existem os indivíduos classificados como amorais: aqueles que não possuem compreensão e capacidade de entendimento sobre as leis morais. Exemplo: pessoas com deficiência psíquica, estrangeiros de diferentes culturas e até mesmo crianças.

Exemplo 2:

Ao atravessar a rua você se depara com um portador de deficiência visual parado próximo à faixa de pedestres. Dentro da moral, a atitude compreendida como correta seria você ajudá-lo a atravessar para o outro lado da via. Porém, você pode escolher fazer isso ou não. como no exemplo anterior.

O que são princípios morais e qual sua importância?

Os princípios morais são as regras e valores que determinam se a atitude de uma pessoa, seja na sociedade ou na sua convivência com o outro, é correta ou não.

Os princípios morais como a honestidade, a bondade, o respeito, a virtude, e etc, determinam o sentido moral de cada indivíduo. São valores universais que regem a conduta humana e as relações saudáveis e harmoniosas.

Numa sociedade sem princípios morais, as pessoas iriam valorizar apenas os seus sentimentos e desejos. Sendo assim, cada um faria o que fosse bom para si mesmo, sem qualquer preocupação com o resultado de suas ações.

Os princípios são importantes porque fornecem ao indivíduo o conhecimento das regras de boa convivência dentro de uma sociedade.

Entenda melhor sobre o significado de valores morais.

Diferença entre ética e moral

É muito comum ouvir pessoas definirem ética e moral como sinônimos. Mas, embora ambas tratem de um mesmo tema, seus conceitos são diferentes:

  • a moral é o conjunto de regras criado dentro de uma sociedade;
  • já a ética é a forma racional e científica que busca compreender os diferentes sistemas morais das sociedades. Ou seja, a ética é a forma que o indivíduo interpreta e entende as regras morais.

Exemplo:

Se você acredita que a intolerância religiosa não é algo bom, acaba por reproduzir isso na sua vida, agindo de forma ética. Isso porque refletiu sobre o assunto e entendeu ser o correto para você, como indivíduo.

Porém, se um grupo grande de pessoas passa a entender e acreditar que a intolerância religiosa é algo incorreto, com o passar do tempo essa regra será estabelecida por um consenso geral, se tornando uma atitude moralmente incorreta para a sociedade.

Compreenda melhor a diferença entre ética e moral e também veja veja 6 exemplos.

O que é moral da história?

Esta expressão normalmente é utilizada depois de uma história que indica a lição que se é possível aprender com alguma narrativa, seja de uma livro, série, filme ou até mesmo uma conversa.

Como a moral é construída na sociedade que vivemos?

Lembre-se que a moral é algo que você escolhe seguir livremente. Quando você respeita e segue as regras, é porque decide que aquilo é algo relevante na sua vida.

Exemplo:

Se a maioria das pessoas que vive na sua sociedade decide que mexer no celular no ambiente de trabalho é moralmente incorreto, essa regra começa a valer para qualquer indivíduo que vive naquele meio.

Porém, uma pessoa pode decidir seguir ou não essa regra, sabendo que poderá ser reprovado moralmente por quem está à sua volta.

É assim que as regras vão surgindo dentro de uma sociedade e guiando um grupo para uma boa convivência. Independente de onde você nasceu, a moral presente na cultura do local em que você vive passou de geração em geração, até chegar a você. Hoje, você entende quais são as atitudes aceitas ou não na convivência social de onde pertence.

Veja também o significado de:

Data de atualização: 15/05/2020.