OTAN: o que é, objetivos e países membros

OTAN é a sigla para Organização do Tratado do Atlântico Norte (em inglês, NATO: North Atlantic Treaty Organization), aliança político-militar criada em 1949, durante a Guerra Fria, que reúne países ocidentais liderados pelos Estados Unidos.

otan
Bandeira da OTAN

Objetivos da OTAN

Em sua formação, a OTAN tinha por objetivos:

  • Inibir o avanço do bloco socialista no continente europeu, fazendo frente a União Soviética e a seus aliados da Europa Oriental.
  • Oferecer ajuda militar colaborativa a todos os países membros.

Apesar de ter surgido com objetivo de conter a expansão socialista na Europa, a OTAN só conduziu operações militares depois do fim da Guerra Fria, intervindo nas guerras da Bósnia, Afeganistão, Líbia e em Kosovo.

Países integrantes da OTAN

Atualmente, integram a OTAN 30 países: Albânia, Alemanha. Bélgica, Bulgária, Canadá, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Montenegro, Macedônia do Norte, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, Reino Unido, Romênia, República Tcheca e Turquia.

Pacto de Varsóvia: oposição à OTAN

Em contraposição à OTAN, a União Soviética, juntamente aos países socialistas da Europa Oriental formaram, em 1955, o Pacto de Varsóvia. Seu objetivo era proteger o regime socialista e expandir sua área de influência.

Formado pela aliança entre a União Soviética, Polônia, Alemanha Oriental, Tchecoslováquia, Hungria, Romênia, Bulgária e Albânia, o Pacto de Varsóvia atuou, basicamente, nas crises internas dos países membros. Foi o que ocorreu em 1968, na Tchecoslováquia, durante a Primavera de Praga.

Com a desintegração do bloco socialista e o fim da União Soviética, o Pacto de Varsóvia foi dissolvido em 1991.

O fim da Guerra Fria e a reestruturação da OTAN

Fortalecida com a queda dos adversários, em 1999 a OTAN atraiu países do Leste europeu, como a República Tcheca, Hungria, Albânia e Croácia.

Com a nova ordem mundial, surgiu a necessidade de se redefinir o papel da OTAN. Assim, seu objetivo hoje é garantir a base da política de segurança dos países integrantes da organização.

Veja também: