Significado de Psicologia Humanista

O que é Psicologia Humanista:

É a perspectiva da psicologia que apoia a crença de que os seres humanos, como indivíduos, são seres únicos e devem ser reconhecidos e tratados como tal por psicólogos e psiquiatras.

A psicologia humanista enfatiza os conceitos como livre-arbítrio e a auto-realização.

Em vez de se concentrar na disfunção, a psicologia humanista se esforça para ajudar as pessoas a realizar seu potencial e maximizar seu bem-estar.

O movimento cresceu em oposição às duas principais tendências do século XX em psicologia: behaviorismo e psicanálise.

Os princípios humanistas alcançaram a aplicação durante o movimento "potencial humano", que se tornou popular nos Estados Unidos durante os anos 60.

Como surgiu a psicologia humanista?

O desenvolvimento inicial da psicologia humanista foi fortemente influenciado pelos trabalhos de alguns teóricos, como Abraham Maslow e Carl Rogers, na década de 1950.

Em 1943, Maslow descreveu sua hierarquia de necessidades em "Uma Teoria da Motivação Humana".

No final da década de 1950, Abraham Maslow e outros psicólogos realizaram reuniões para discutir o desenvolvimento de uma organização profissional dedicada a uma abordagem mais humanista da psicologia.

Eles concordaram que tópicos como auto-realização, criatividade e individualidade seriam os temas centrais dessa nova abordagem.

Em 1951, Carl Rogers publicou a Terapia Centrada no Cliente, que descrevia sua abordagem humanista e voltada para o cliente da terapia.

Foi em 1962 que a Associação Americana de Psicologia Humanista foi formada e, em 1971, a psicologia humanista tornou-se uma divisão da APA, a Associação Americana de Psicologia.

Em 1962, Maslow publicou Toward a Psychology of Being (Em Direção à Psicologia do Ser) em que ele descreveu a psicologia humanista como a "terceira força" da psicologia. A primeira e segunda forças foram o behaviorismo e a psicanálise, respectivamente.

A psicanálise, criada pelo neurologia Sigmund Freud, se concentra na relação dos desejos inconscientes do ser e as suas ações e sentimentos vividos. Já o behaviorismo tem apenas o comportamento da pessoa como estudo psicológico.

abrahammaslowAbraham Maslow, considerado o pai da psicologia Humanista

O que é a hierarquia da necessidade de Abraham Maslow?

A teoria da motivação humana, mais conhecida como hierarquia de necessidades de Maslow ou pirâmide de Maslow, é considerada a base da compreensão da motivação humana.

A teoria da motivação humana afirma que cada pessoa possui um conjunto de necessidades básicas que devem ser atendidas.

Essas atividades englobam: biológica e psicológica, segurança, pertencimento e amor, auto-estima e auto-realização.

Uma vez satisfeitas as necessidades básicas de um indivíduo, tais como ter abrigo ou sentir-se amado, ele é capaz de se concentrar em suas necessidades de ordem superior, como a realização e a auto-estima.

Outras pesquisas expandiram as necessidades originais identificadas por Maslow para incluir três níveis adicionais - cognitivo, estético e transcendência.

A hierarquia de necessidades de Maslow é organizada em uma pirâmide, como a imagem abaixo.

hierarquiadamotivacaoPirâmide de Maslow.

As necessidades básicas estão na base da pirâmide. À medida que as pessoas atendem às suas necessidades em cada nível, elas são capazes de atender às necessidades mais complexas e trabalham mais perto da auto-realização e do alcance de todo o seu potencial.

Esse modelo fornece uma estrutura para entender por que as pessoas podem ser motivadas em relação a determinados comportamentos em um determinado momento.

As 5 principais características da psicologia humanista

1. Sem julgamento

A psicologia humanista é uma abordagem de aconselhamentos em que o profissional que ajuda não julga o que está sendo compartilhado por um cliente - independentemente do conteúdo que está sendo divulgado.

2. Empatia

Uma característica fundamental da terapia centrada na pessoa é a empatia.

Os psicólogos e psiquiatras que adotam uma abordagem humanista, exploram juntamente aos pacientes questões emocionalmente dolorosas.

3. Não Patológico

A maioria dos profissionais da psicologia humanista deixa de lado o diagnóstico clínico e discute a essência do cliente.

Muitos profissionais que ajudam a usar uma abordagem centrada na pessoa encorajam o cliente a se concentrar em seus pontos fortes (também conhecido como abordagem baseada na força).

4. Concentre-se no "eu"

O objetivo da terapia humanista é promover a expressão de sentimentos, pensamentos e emoções do cliente por meio do diálogo. Em alguns casos, incentivos expressivos são encorajados, como escrever, pintar, desenhar e até mesmo atuar (também conhecido como psicodrama).

5. É existencial

Uma das mais importantes características da psicologia humanista é seu componente existencial. Os terapeutas existenciais ajudam os clientes a trabalhar através de padrões e abordagens restritivas, encorajando-os a se expressarem através da criatividade e da auto-expressão.

Quatro dimensões existenciais são comumente exploradas como parte da infusão existencial: física, social, psicológica e espiritual.

Veja também alguns significados que podem interessar:

Data de atualização: 15/05/2019.