Significado de Racismo

O que é Racismo:

Racismo é a discriminação social baseada na falsa ideia de que a espécie humana é dividida em raças e que uma é superior às outras. Trata-se de uma atitude depreciativa e discriminatória não baseada em critérios científicos, já que do ponto de vista biológico é incorreto falar em raças humanas.

O racismo no Brasil é crime previsto na Lei n. 7.716/1989. É inafiançável e não prescreve, ou seja, quem cometeu o ato racista pode ser condenado mesmo anos depois do crime.

O preconceito racial está relacionado com outros tipos de preconceito, como homofobia e xenofobia, ou comportamentos violentos, como o bullying.

O dia 21 de março foi estabelecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. A data foi escolhida em memória aos mais de 60 mortos no massacre ocorrido na África do Sul nesse mesmo dia no ano de 1960.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem foi criada com o objetivo de proteger os direitos fundamentais dos seres humanos condenando todo o tipo de discriminação por cor, gênero, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição.

Racismo e Preconceito

O racismo é um tipo de preconceito que se baseia numa ideia pré-concebida e pejorativa a respeito de uma etnia ou grupo social.

Um preconceito é uma opinião equivocada, formulada de forma antecipada e sem o devido conhecimento, sobre uma pessoa, um fato ou uma situação. Ele tem origem num juízo de valor equivocado e não tem fundamentação na realidade.

Há diversos tipos de preconceito, como o social, o religioso, o cultural, linguístico, de gênero, quanto à orientação sexual e racial (racismo). A xenofobia é também um tipo de preconceito originado da repugnância em relação a pessoas estrangeiras.

Veja também: o que é preconceito e os 5 momentos mais importantes na luta contra o preconceito e o racismo.

Racismo Reverso

O racismo reverso ou racismo inverso é uma expressão usada para designar a existência de racismo de minorias étnicas contra grupos étnicos dominantes. Um exemplo de racismo reverso é o preconceito de negros em relação às pessoas brancas.

A existência de racismo pressupõe uma discriminação social que só é possível mediante o estabelecimento de relações de poder e diferenças hierárquicas. E em termos históricos e sociais, os grupos negros não detêm poder em relação os brancos, portanto não poderia haver uma situação de opressão. Por isso, muitas pessoas questionam a validade dessa expressão.

Tipos de racismo

Existem vários tipos de racismo, entre eles o racismo individual, institucional, cultural, primário, comunitarista ou diferencialista e racismo ecológico ou ambiental.

Veja também o significado de estereótipo.

Racismo no mundo

O racismo é um problema social tanto em nações subdesenvolvidas como nas desenvolvidas, principalmente sob a forma de xenofobia. O racismo nos Estados Unidos apresenta consequências graves e suscita o aumento da violência nos subúrbios de maioria negra e hispânica, em relação a imigrantes árabes, entre a comunidade LGBTQIA+, e outros grupos considerados minorias e com características diferentes dos brancos norte-americanos.

A crise econômica e o crescimento demográfico costumam ser motivo de problemas raciais. Entre os exemplos há o caso da Grã-Bretanha com os imigrantes, na França com os norte-africanos, na Alemanha com os sírios ou na Espanha com a população cigana e os trabalhadores negros ilegais.

O racismo pode estar relacionado com a política de um país, sendo um dos maiores exemplos a Alemanha nacional-socialista, que perseguiu e exterminou judeus, ciganos, eslavos, entre outros grupos, com base na argumentação de uma suposta superioridade da raça ariana. O antissemitismo (racismo contra judeus) levou ao holocausto, uma das páginas mais sombrias da Segunda Guerra Mundial.

Veja também:

Atualizado em