18 exemplos de jogos competitivos

Os jogos competitivos têm o objetivo de ter um ganhador ou uma equipe ganhadora. Eles se caracterizam por ter adversários e regras a serem seguidas, para que no final do jogo, um ganhador seja eleito.

1. Pique-bandeira ou Capture a bandeira

Para esta brincadeira você precisará de uma área espaçosa e dois grupos, com pelo menos 5 integrantes em cada um.

Divida a área ao meio, para que cada grupo fique com o seu “campo”. No final de cada campo, coloque a bandeira do time (pode ser qualquer objeto para representar a bandeira).

O objetivo é que algum jogador pegue a bandeira do grupo adversário e a leve para o seu campo. Mas, para isso, ele terá de passar por todo o campo adversário sem ser tocado.

Caso seja tocado por alguém do outro time, ficará preso no campo adversário e só poderá sair se for “salvo” por alguém do seu próprio grupo.

Para salvar uma pessoa do seu time, você ou alguém do seu grupo precisará entrar no campo adversário, tocar o seu colega e voltar para o seu campo sem que os dois sejam tocados.

Ganha quem conseguir pegar a bandeira do time adversário.

2. Acerte o alvo

Esta brincadeira pode ser feita de diversas maneiras! Caso você não tenha o equipamento de “Acerte o Alvo”, não há problema, temos uma alternativa.

Esse é um tipo de brincadeira que pode ser feita dentro ou fora de casa. Mas espaços grandes podem deixá-la ainda mais divertida.

Você precisará de bolinhas de papel amassado ou pares de meias bem dobradas e amarradas. Isso será usado para acertar o alvo.

Para fazer o alvo, tem duas opções: giz ou fita adesiva colorida. Com o giz ou a fita adesiva, você desenhará 3 círculos em tamanhos grande, médio e pequeno respectivamente, como apresentado na imagem.

Determine o valor de cada círculo, mas lembre-se que os círculos menores têm um valor maior, porque são mais difíceis de acertar.

Cada jogador tentará acertar um dos círculos para acumular o maior número de pontos. Por isso, o ideal é que numa rodada, cada participante jogue 3 vezes ou mais. Os pontos devem ser anotados e somados no final.

Ganha quem acumular o maior número de pontos no final de todas as rodadas.

acerte o alvo

3. Cabo de guerra

Esse é um jogo em equipe muito competitivo e também bem conhecido. Basta ter uma área espaçosa e uma corda.

Divida o grupo em dois. Nesta brincadeira, o ideal é ter no mínimo 3 pessoas em cada grupo. Feito isso, coloque uma marcação no chão e peça para que cada grupo segure de uma lado da corda, em final indiana (um atrás do outro).

Certifique se que a corda e os grupos estejam divididos corretamente. Estando tudo certo, os lados começarão a puxar a corda para fazer com que a primeira pessoa da fileira do outro grupo, ultrapasse a marcação.

Ganha a equipe que conseguir puxar o outro grupo até que ele ultrapasse a marcação que foi feita no chão.

cabo de guerra

4. Corrida com obstáculos

Este é um tipo de jogo que pode ser bem desafiador. Você precisará de um grande espaço e alguns objetos que podem ser usados como obstáculos.

Divida o espaço com um ponto de partida e um ponto de chegada. No caminho a ser percorrido, pode colocar obstáculos como: cones, bolas enfileiradas, bambolês, cordas, entre outros.

Neste tipo de jogo, não há regras quanto aos obstáculos e o que deve ser feito com eles. Pode deixar a criatividade fluir e criar situações diferentes e seguras para quem está brincando.

Ganha quem conseguir passar por todos os obstáculos conforme as regras do líder, e chegar no ponto de chegada no menor tempo.

5. Caça ao tesouro

Este jogo pode se feito em diversos espaços, como na sua própria casa, na escola, ou espaços em que os participantes tenham como se locomover.

Separe um objeto que será o tesouro. Se conhecer bem as pessoas que estão brincando, escolha algo que pode agradá-las. Chocolate, doces e brinquedos são exemplos de tesouro. Mas vale para qualquer faixa etária, por isso escolha algo que faça sentido para a idade e estilos dos jogadores.

Esconda o objeto em um lugar difícil de ser encontrado. Depois, separe pedaços de papel e escreva pistas enigmáticas sobre onde o objeto está.

Antes de escrever especificamente onde está escondido, faça os jogadores percorrerem outros locais do espaço até encontrar. O importante é que uma pista leve a outra (outro bilhete), para tornar a brincadeira mais longa e divertida.

Ganha quem conseguir resolver todos os enigmas primeiro e achar o tesouro.

6. Corte

Este jogo deve ser feito com um grupo de pelo menos 5 ou mais pessoas e uma bola de plástico leve ou de vôlei. Coloque o grupo em um círculo, com todos em pé.

O jogo consiste em jogar a bola para o alto e todos os jogadores apararem com as mãos, para manter a bola para o alto, tocando-a para outro jogador de sua escolha.

Porém, o jogador pode decidir (sem falar) se devem continuar levantando a bola ou se corta. O corte é empurrar a bola com a palma da mão, no estilo do movimento feito pelos jogadores de vôlei para marcar ponto.

Esse corte é feito para atingir um jogador em específico, escolhido pela pessoa que quer fazer o corte. Se a bola pegar neste jogador, ele deve sair do círculo. Caso não encoste nele, quem fez o corte quem deve sair.

Ganha quem for o último a cortar e eliminar o outro jogador que está na roda.

Outros exemplos de jogos competitivos

Há inúmeros jogos competitivos, muitos deles são bem conhecidos no nosso dia a dia, como:

  • Uno
  • Jogos de Baralho
  • Pique-pega ou pique-esconde
  • Poker
  • Dominó
  • Dama
  • Xadrez
  • Jogo da Velha
  • Queimado (ou Queimada)
  • Esportes (futebol, vôlei, basquete, tênis de mesa, judô…)
  • Stop, Adedonha ou Adedanha
  • Alguns jogos de videogames

Veja também:

Data de atualização: 30/07/2021.