Significado de Histologia

O que é Histologia:

Histologia é o ramo da ciência que estuda os tecidos biológicos, seja de animais ou plantas. Este ramo observa a formação, a estrutura e a função dos tecidos vivos.

Os tecidos são formados a partir da junção de várias células. Então, a análise feita para este estudo é em escala microscópica, sendo para isso necessário o uso de equipamentos que permitam a observação das células. Aliás, a histologia somente conseguiu se desenvolver após a invenção do microscópio óptico.

Como disciplina, a histologia faz parte das Ciências Biológicas e da Saúde. Na Biologia, no entanto, costuma ser subdividida de acordo com o enfoque dado ao objeto de estudo. Por exemplo, a Histologia Animal, estuda os tecidos dos animais; a Histologia Vegetal, estuda os tecidos dos vegetais; e a Histologia Humana, se destina ao estudo dos tecidos do corpo humano.

Etimologicamente, a palavra histologia se originou a partir da junção dos termo gregos hystos, que significa "tecido", e logos, que quer dizer "estudo".

Histologia humana

No organismo humano, de acordo com a divisão feita pela histologia, os tecidos são organizados em quatro grupos básicos: tecido epitelial, tecido conjuntivo, tecido muscular e tecido nervoso.

Cada um desses tecidos apresenta organização e funções particulares:

  • Tecido epitelial: células bastante próximas, servindo principalmente para revestir e proteger superfícies internas e externas do corpo. Protege o corpo contra a penetração de microrganismos e outras agressões físicas.
  • Tecido conjuntivo: células com espaços entre si, servindo para garantir a sustentação e conexão entre os demais tecidos e órgãos do corpo. Serve para unir e separar os órgãos.
  • Tecido muscular: células têm aspecto alongado. Serve para que o corpo possa se movimentar e deslocar. O tecido liso, estriado e esquelético são alguns exemplos.
  • Tecido nervoso: formado pelos neurônios e por neuróglias (células protetoras e de sustentação). Responsável por gerenciar todas as funções vitais do organismo.

Histologia vegetal

Por outro lado, os tecidos vegetais são divididos em dois principais grupos: tecidos meristemáticos e tecidos adultos.

Os meristemas se caracterizam por apresentarem grande capacidade de divisão celular (mitose) e serem formados por células indiferenciadas.

A partir do desenvolvimento dos tecidos meristemáticos são formados os tecidos adultos (os tecidos permanentes da planta), que apresentam funções específicas e são divididos em: tecidos de revestimento, tecidos de preenchimento (parênquimas), tecidos de sustentação e tecidos de condução.

Data de atualização: 24/07/2020.