Pesquisa qualitativa

O que é uma pesquisa qualitativa?

Pesquisa qualitativa é uma abordagem de pesquisa que estuda aspectos subjetivos de fenômenos sociais e do comportamento humano. Os objetos de uma pesquisa qualitativa são fenômenos que ocorrem em determinado tempo, local e cultura.

Uma pesquisa qualitativa aborda temas que não podem ser quantificados em equações e estatísticas. Ao contrário, estudam-se os símbolos, as crenças, os valores e as relações humanas de determinado grupo social.

A abordagem qualitativa exige um estudo amplo do objeto de pesquisa, considerando o contexto em que ele está inserido e as características da sociedade a que pertence.

Devido ao caráter subjetivo de uma pesquisa qualitativa, é necessário realizar um trabalho de campo. O campo é o momento em que o pesquisador se insere no local onde ocorre o fenômeno social.

Por exemplo, se o objeto de pesquisa é uma associação de moradores, o pesquisador irá frequentar as reuniões e conhecer os indivíduos que estão envolvidos com a organização.

Existem diferentes tipos de pesquisa qualitativa e de instrumentos de coleta de dados. A escolha dos caminhos a serem seguidos em uma pesquisa dependem dos objetivos do estudo e das possibilidades metodológicas.

Diferença entre pesquisa qualitativa e pesquisa quantitativa

Enquanto a pesquisa qualitativa busca explicações para os fenômenos na compreensão das relações humanas, nas crenças e valores, a pesquisa quantitativa busca resultados numéricos e estatísticos.

A diferença entre as duas abordagens pode ser explicada pelo objetivismo na pesquisa quantitativa e pelo subjetivismo na pesquisa qualitativa.

Isso significa que a pesquisa quantitativa busca resultados objetivos e palpáveis, baseados em experimentos, e possíveis de serem quantificados. Essa abordagem é bastante utilizada nas ciências exatas e naturais.

A pesquisa qualitativa, por outro lado, não obtém respostas objetivas para seus objetos de estudo.

Os resultados das pesquisas partem das percepções dos indivíduos envolvidos, dos conflitos observados em campo e dos aspectos subjetivos identificados. As pesquisas qualitativas são mais utilizadas nas áreas sociais e humanas.

Uma diferença importante entre os dois modelos de investigação científica está no ponto de vista do pesquisador sobre o objeto de estudo: na quantitativa, a opinião do pesquisador deve ser excluída; na qualitativa, a opinião do pesquisador pode estar integrada à pesquisa.

Entenda mais sobre a diferença entre pesquisa qualitativa e quantitativa.

Tipos de pesquisa qualitativa

Existem diferentes metodologias para se realizar uma pesquisa qualitativa. Para identificar qual é a melhor opção para cada objeto de estudo, é importante conhecer as características de cada uma delas.

Etnográfica

A pesquisa etnográfica é uma metodologia geralmente utilizada por antropólogos para estudar uma sociedade ou um grupo social.

Em uma pesquisa etnográfica busca-se entender as tradições, costumes, crenças, hábitos e valores daquela coletividade. Além disso, é comum que os estudos busquem compreender as mudanças dessas características ao longo das gerações.

Para esse tipo de pesquisa é necessário que o pesquisador tenha um convívio muito próximo ao grupo, de modo que possa compreender as relações e a percepção de mundo desses indivíduos.

A coleta de dados em uma pesquisa etnográfica, além da própria observação participante, pode ser feita por meio de entrevistas em profundidade e grupos focais.

Grupo focal é uma técnica de pesquisa em que a coleta de dados se dá a partir da discussão em grupo de tópicos pré-determinados.

Após a coleta de dados, o pesquisador relata as características daquele grupo, como por exemplo, a maneira como se constroem as relações, os costumes, os rituais e as tradições.

Veja também o significado de etnografia.

Estudo de caso

O estudo de caso é um tipo de pesquisa que busca analisar uma situação específica, de maneira aprofundada e completa. O objeto de um estudo de caso pode ser um grupo social, uma organização ou um fenômeno social.

Em um estudo de caso, o pesquisador busca entender o objeto de maneira completa, interpretando o contexto em que se insere e as variáveis que o influenciam.

As fontes de pesquisa de um estudo de caso podem ser variadas, como pesquisas documentais, observação participante, entrevistas, grupos focais e etc.

Geralmente o pesquisador analisa diferentes opiniões e pontos de vista dos indivíduos que participam da pesquisa, o que lhe permite compreender a complexidade do fenômeno estudado.

Saiba mais sobre estudo de caso.

Pesquisa-ação

Uma pesquisa-ação é um tipo de pesquisa qualitativa que tem como objetivo resolver um problema ou, ao menos, identificá-lo.

A identificação dos problemas é realizada pelos pesquisadores e pelos participantes da pesquisa, que em conjunto também propõe e elaboram possíveis soluções.

Existe uma grande interação entre os pesquisadores e participantes, mas diferente de outras metodologias qualitativas, o objeto de estudo não são os indivíduos, mas os problemas que surgem da interação social.

Como fazer uma pesquisa qualitativa?

Existem diferentes caminhos para se fazer uma pesquisa qualitativa, mas em geral, o passo a passo pode ser organizado da seguinte forma:

  1. Definição do objeto de pesquisa: definir o problema que se pretende estudar;
  2. Pesquisa bibliográfica: buscar na literatura outros estudos que já tenham estudados casos semelhantes;
  3. Definição de metodologia e instrumento de coleta de dados: definir qual o tipo de pesquisa qualitativa é mais adequado para o objeto e como os dados serão coletados, por exemplo, entrevistas, observação participante, etc;
  4. Roteiro de pesquisa e cronograma: organizar todas as etapas da pesquisa e definir os prazos para a finalização de cada uma das etapas;
  5. Coleta de dados: coletar os dados com os instrumentos definidos e organizá-los sistematicamente para facilitar a análise;
  6. Análise dos dados: com os dados coletados, parte-se para a análise e interpretação das informações. A partir dos dados, o pesquisador elabora as respostas e possíveis teorias para o problema de pesquisa.

Entenda mais sobre pesquisa bibliográfica e metodologia.

Exemplo de pesquisa qualitativa

Vamos supor que uma escola tem um desempenho nas avaliações educacionais superior ao restante das escolas do município. Ou seja, os alunos dessa escola têm notas mais altas se comparadas aos outros alunos da cidade.

Um pesquisador quer entender os motivos que levam essa escola a se destacar e define essa questão como seu problema de pesquisa.

No primeiro momento, o pesquisador faz uma pesquisa bibliográfica, a fim de buscar estudos que já tenham abordado esse tema nessa escola e também estudos similares realizados em outras instituições e cidades.

Considerando que é uma pesquisa que busca entender um fenômeno em uma situação específica, o pesquisador escolhe como metodologia o estudo de caso.

Para a coleta de dados, ele prevê a realização de entrevistas com os dirigentes da escola, grupos focais com os alunos e também pesquisas documentais sobre as metodologias empregadas na escola.

Com o tipo de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados definidos, o pesquisador elabora o roteiro e o cronograma da pesquisa. Essas etapas são muito importantes para a organização do processo.

Em seguida, se inicia a coleta de dados e o pesquisador começa a identificar algumas hipóteses que explicam o desempenho dos alunos dessa escola.

Por exemplo, grande parte dos alunos frequentam as aulas em período integral e no contra turno das aulas, têm oficinas de música, artes, literatura e praticam esportes.

Outra constatação realizada a partir das entrevistas com os professores é a liberdade que os profissionais da instituição têm para desempenhar seu trabalho, o que relatam que lhes proporciona maior satisfação.

Após todas as informações coletadas, o pesquisador parte para a análise e interpretação. Nesse momento, o pesquisador formula as conclusões que respondem ao problema identificado.

As pesquisas qualitativas costumam ser apresentadas em trabalhos de conclusão de curso (TCC), monografias, dissertações de mestrado, teses de doutorados e artigos acadêmicos.

Veja também o significado de pesquisa científica e pesquisa de campo.

Data de atualização: 03/01/2020.